4º Festival de Cinema Polonês

agosto 31, 2012 | CINECLUBE

Organizado no Brasil desde 2009, é uma realização conjunta das representações diplomáticas da República da Polônia, Polish Film Institute, Agência Mañana, e várias parceiros no Brasil.  Dias 11, 13, 14, 17, 18, 20 e 21. Sempre às 15h.


 
Dia 11
A pequena Moscou

(Mala Moskwa)
De Waldemar Krzystek, Polônia, 2008. 113min. Drama. 16 anos.
Com Svetlana Khodchenkova, Dmitri Ulyanov e Elena Leszczynska.
O filme relata os abusos cometidos pelo Exército Soviético na cidade polonesa de Legnica, apelidada de A Pequena Moscou devido à presença, durante quase 50 anos (1945-1993) de uma base militar soviética, a maior da Polônia.

 

Dia 13
A rosinha
(Rózyczka)
De Jan Kidawa-Błoński, Polônia, 2010. 118min. Drama. 16 anos.
Com Andrzej Seweryn, Magdalena Boczarska e Robert Wieckiewicz.
Em 1967, o Serviço de Segurança Comunista da Polônia inicia um trabalho para se infiltrar no meio de cidadãos de origem judaica. Paralelamente, um renomado escritor inicia um caso com uma jovem e atraente mulher. Ele não suspeita que ela é, na verdade, uma ferramenta nas mãos do serviço secreto.

Dia 14
Veneza
(Wenecja)
De Jan Jakub Kolski, Polônia, 2010. 114min. Drama. 12 anos.
Com Marcin Walewski, Magdalena Cielecka e Agnieszka Grochowska.
A infância de Marek é interrompida pela guerra, mas sua imaginação mantém viva no porão de casa a imagem da cidade mais romântica do mundo, Veneza.

 

Dia 17
Essential killing
De Jerzy Skolimowski, Polônia/Noruega/Hungria/Irlanda, 2010. 83min. Suspense. 18 anos.
Com Vincent Gallo, Emmanuelle Seigner e Zach Cohen.
Capturado pelos soldados americanos no Afeganistão, Mohammed é levado para uma base secreta na Europa Central. Por sorte consegue fugir, mas para sobreviver será forçado a cometer uma série de atrocidades.

 

Dia 18
O moinho e a cruz
(Mlyn i krzyz)
De Lech Majewski, Polônia/Suécia, 2010. 96min. Drama. 14 anos.
Com Rutger Hauer, Michael York e Charlotte Rampling.
O filme faz uma recriação da pintura ‘A procissão e o calvário’, de Pieter Brueghel, o Velho, mostrando rituais seculares e o cotidiano do século XVI. A história mostra como o pintor fez suas escolhas artística de acordo com o momento político da época.

 

Dia 20
Tudo que amo
(Wszystko,co kocham)
De Jacek Borcuch, Polônia, 2009. 91min. Drama. 14 anos.
Com Mateusz Kosciukiewicz, Olga Frycz e Jakub Gierszal.
Jacek é um garoto sensível, que vive numa cidade litorânea nos anos 80, época das grandes mudanças políticas na Polônia. Ele experimenta o choque do mundo idealista da juventude com o duro mundo dos adultos.

 

Dia 21
Zero
De Pawel Borowski, Polônia, 2009. 110min. Ação/drama. 14 anos.
Com Kamilla Baar, Malgorzata Bereza e Przemyslaw Bluszcz.
Uma história que reúne várias narrativas nas quais o destino de muitos personagens é entrelaçado pelas consequências de suas decisões.

Tags: , , , ,

Comments (1)

 

  1. Eu li uma matéria de alguns bonѕ aqui.
    Dеfinіtiνamente bookmarking valе
    para revisіtar. Εu mе pergunto o quanto ԁe esforço que você coloсar para fazeг Tal local fantástico informativo.

Deixe seu comentário

Blogspot Twitter