Nada é Imagem, Nada é Miragem abre dia 26 na Fundação Cultural Badesc

outubro 16, 2017 | EXPOSIÇÕES

nada é imagem nada é miragemA Fundação Cultural Badesc abre na quinta-feira, 26 de outubro, às 19h, no Espaço 2, a exposição Nada é Imagem, Nada é Miragem, de Maria Baptista. Por meio do entrecruzamento de imagem e palavra, a artista apresenta uma reflexão sobre o abismo, a partir de imersões nas paisagens da Chapada Diamantina (BA) e dos Campos Gerais (PR).

 

“A imensidão que se apresenta na paisagem abismal nos faz lembrar de nossa insignificância e, ao mesmo tempo, nos traz a sensação de pertencimento ao todo. O entendimento da noção de totalidade se dá no exato momento em que nos damos conta da presença do vazio”, comenta Maria.

 

A artista conta que o trabalho iniciou em 2014 quando diante dos despenhadeiros da Chapada Diamantina foi tocada pelo silêncio.  No ano seguinte a exposição começou a tomar forma quando foi convidada para integrar uma expedição artística aos Campos Gerais e contribuir com o projeto de arte digital Na Tela Rútila das Pálpebras, com apoio do programa Rumos Itaú Cultural. “Durante uma semana caminhamos pelos campos e conhecemos um pouco da história e cultura daquela região. Mas quando me aproximei do grande Vale do Rio Iapó, meu olhar se deteve no abismo”.

 

Na mesma expedição conta que ao se aproximar das imediações do Parque Estadual do Guartelá realizou um ensaio fotográfico com 36 imagens, em que buscou captar a paisagem do cânion. “As imagens diziam muito, mas ainda faltava o vento, o cheiro dos campos, a temperatura das pedras. Acompanhada da poeta Josely Vianna Baptista descobri que o nome do projeto que participávamos tinha saído de seu poema Os Poros Flóridos e foi quando entrei em contato com o texto, que me absorveu de imediato, e decidi incorporar aquelas palavras às imagens”.

 

A expedição resultou também no audiovisual homônimo que pode ser encontrado no link https://www.youtube.com/watch?v=5ECrOfyUdB4.

 

Nada é imagem, Nada é miragem fica aberta para visitação até o dia 23 de novembro. A entrada é gratuita.

 

A artista

Maria Baptista é graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), estudou Escultura na Escola de Belas Artes do Paraná (EMBAP) e especialização em Poéticas Visuais pela mesma escola. Reside em Curitiba (PR).

 

Serviço:

O que:  Abertura da Nada é Imagem, Nada é Miragem, de Maria Baptista.

Quando: quinta-feira, 26 de outubro, às 19h. Visitação até 23 de novembro.

Tags:

Deixe seu comentário

Blogspot Twitter