O fechamento dos espaços de divulgação da Cultura Catarinense

janeiro 26, 2018 | CULTURA

O encerramento da veiculação da Coluna Mosaico, no jornal Notícias do Dia, assinada pela jornalista Néri Pedroso, marca o fim de um período iniciado há pouco mais de dois anos, em que é observada a redução drástica dos espaços de divulgação da Cultura em Santa Catarina. Perdemos preciosos minutos de televisão. Programas de variedades que abriam espaço para a divulgação das Artes foram retirados da grade de programação ou reduzidos severamente. Perdemos, inclusive, um canal de televisão fechado que abria espaço para que nossos artistas falassem de suas produções. Páginas têm sido arrancadas dos jornais de maior circulação do Estado e assim, observamos desaparecer a chance de falarmos de maneira ampla das artes visuais, de aberturas de exposições, de lançamentos de livros e de filmes, de feiras de artes, de música, de cinema.

A cultura perde espaços e cabe a nós reinventarmos meios para falar sobre a importante e consistente produção artística de Santa Catarina.

Aos jornalistas que permanecem nos veículos de comunicação, aos que estão nos sites, blogs, redes sociais, nosso agradecimento e pedido de persistência. É com vocês que contamos para que a arte e a cultura cheguem a um número cada vez maior de pessoas; para que cada vez mais o cidadão catarinense tenha acesso a tudo o que é realizado.

Reforçamos nosso apoio incondicional ao trabalho da jornalista Néri Pedroso, que há décadas acompanha, estuda e divulga a produção local.

Aos gestores das empresas de comunicação nosso pedido para que revejam suas decisões. Falar de arte e de cultura e divulgar a produção do nosso Estado nos horários e espaços nobres do jornalismo catarinense é uma questão de respeito, de educação e de cidadania.

 

Equipe da Fundação Cultural Badesc

Tags:

Deixe seu comentário

Blogspot Twitter