Cineclube da Fundação Cultural Badesc apresenta programação especial no mês das mulheres

março 2, 2018 | CINECLUBE

cine delas

Em março, o Cineclube da Fundação Cultural Badesc tem uma programação especial voltada para a reflexão dos espaços ocupados pela mulher na frente e atrás das câmeras. Nove filmes integram a programação  alusiva ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março.

Os filmes selecionados expressam assuntos relevantes como a violência contra a mulher, tema abordado no documentário Brave Miss World, de Cecília Peck (2013) que conta a história de Linor Abargil, Miss Israel que foi violentada e utilizou sua visibilidade para auxiliar outras vítimas e o curta-metragem catarinense Brancura (2016), da artista visual Giovana Zimermann. Os filmes serão exibidos na sessão Cine Delas [Floripa], que também propõe um debate sobre violência contra a mulher com a Drª Silvana Maria Pereira, pesquisadora na área de Estudos de Gênero e enfermeira no Hospital da Universidade Federal de Santa Catarina (HU- UFSC).

A sessão Grandes Diretoras homenageia Marguerite Duras, romancista, poeta, dramaturga e roteirista, nascida na antiga Conchinchina, atual Vietnã. Conhecida pela obra O amante e pelo roteiro do clássico Hiroshima, meu amor (Alain Resnais, 1959), Marguerite também dirigiu 19 curtas e longas-metragens. O Cineclube também exibe os filmes Destrutir, disse ela (1969), As crianças (1985), O caminhão (1977).

Dirigido por um coletivo de Mulheres Atingidas por Barragens (MAB) e financiado coletivamente, o documentário Arpilleras (2017) aborda a força da união entre as mulheres frente a dor da perda das suas memórias. O filme será exibido na sessão Imagens Políticas, dia 13 e comentado por Adriane Canan, jornalista, diretora, documentarista e roteirista e Rodrigo Timm Seferin, membro da coordenação estadual do MAB/SC e bacharel em direito pela UFSC.

O universo das mulheres é o tema que norteia a seleção dos filmes do ART 7 de março. Os filmes trazem personagens fortes que lutam por uma participação igualitária na sociedade. Serão exibidos também os filmes, As sufragistas (2015), dirigido pela britânica Sarah Gavron, Preciosa: uma história de esperança (2009), de Lee Daniels, Cinco Graças (2015), de Deniz Gamze Ergüven e Estrelas Além do Tempo” (2016), de Theodore Melfi.

Programação

 

Sexta-feira, dia 2, 19h

Destruir, Disse Ela (1969)

Direção de Marguerite Duras

Drama/Mistério | 100 min. | Classificação indicativa livre

 

Terça-feira, dia 6, 19h

Brave Miss World (2013)

Direção de Cecilia Peck

Documentário/Biografia | 88 min. | Classificação indicativa livre

 

 

Quarta-feira, dia 7, 19h

As Sufragistas (2015)

Direção de Sarah Gavron

Drama/Biografia | 106 min. | Classificação indicativa livre

 

Terça-feira, dia 13, 19h

Arpilleras: Atingidas Por Barragens Bordando a Resistência (2017)

Direção de Coletivo de Mulheres Atingidas Por Barragens (MAB)

Documentário | 103 min. | Classificação indicativa livre

 

Quarta-feira, dia 14, 19h

Preciosa: Uma História de Esperança (2009)

Direção de Lee Daniels

Drama | 110 min. | Classificação indicativa livre

 

Quinta-feira, dia 15, 19h

As Crianças (1985)

Direção de Marguerite Duras

Comédia | 84 min. | Classificação indicativa livre

 

Quarta-feira, dia 21, 19h

Cinco Graças (2015)

Direção de Deniz Gamze Ergüven

Drama | 97 min. | Classificação indicativa livre

 

Quarta-feira dia 28, 19h

Estrelas Além do Tempo (2016)

Direção de Theodore Melfi

Drama/Biografia | 127 min | Classificação indicativa 16 anos

 

Quinta-feira, dia 29, 19h

O Caminhão (1977)

Direção de Marguerite Duras

Drama | 76 min. | Classificação indicativa livre

Tags:

Deixe seu comentário

Blogspot Twitter