CINECLUBE 2019

JUNHO

Dia 04, terça-feira, 19h
Mostra de Cinema Europeu
Ivan
De Janez Burger. Eslovênia. 2017. 95 min. Drama. Sem classificação.
Logo depois de a jovem Mara dar à luz ao primeiro filho, Ivan, começa o pesadelo dela. Rok, o pai do garoto, empresário casado a quem Mara ama obsessivamente, desaparece. Ela se vê em meio a uma situação pessoal difícil e é forçada a fazer uma dura escolha entre o homem que ama e o filho recém-nascido.

Dia 05, quarta-feira, 17h
Mostra de Cinema Europeu
Amanhecer em Kimmeria
(Sunrise in Kimmeria) de Simon Farmakas. Chipre.2018. 101 min. Comédia. 12 anos.
Uma vila remota do Chipre se torna tragicômica quando um objeto não identificado cai numa plantação de batatas dentro da linha verde de Controle da ONU. Um jovem fazendeiro cava o objeto e desencadeia uma série de eventos.  
Dia 05, quarta-feira, 19h
Mostra de Cinema Europeu
The startup – Dá play no seu futuro
(The startup – Accendi il tuo futuro) de Alessandro D’Alatri. Itália. 2017. 98 min. Drama biográfico. 14 anos.
Matteo Achilli tem 18 anos e quer se tornar um nadador de sucesso. Seu treinador, no entanto, favorece o próprio filho, que treina no mesmo time de Matteo mas não é tão bom quanto ele. Matteo percebe que o companheiro de time é favorecido por ser recomendado e protegido e não pelo mérito. Ele não desanima e resolve procurar revanche: matricula-se em uma prestigiada universidade e cria um aplicativo capaz de classificar candidatos para diferentes tarefas profissionais usando um algoritmo matemático que avalia o mérito. O filme é baseado em fatos reais.
Dia 06, quinta-feira, 17h
Mostra de Cinema Europeu
Bikes versus Carros
(Bikes vs Cars) de Fredrik Gertten. Suécia. 2015.  92 min. Documentário. Livre.
A indústria automobilística tem grande influência nas políticas públicas das cidades, mas as bicicletas estão mudando esse jogo.  
Dia 06, quinta-feira, 19h
Mostra de Cinema Europeu
Liza, a Fada Raposa
(Liza, a rókatündér) de Károly Ujj Mészáros. Hungria, 2015. 98 min. Comédia. 16 anos.
Na Budapeste de 1970, a enfermeira Liza sonha com um romance, mas todos seus pretendentes morrem de forma extrema e violenta, fazendo ela temer o pior: que ela seja uma fox fairy, um demônio da mitologia japonesa. De acordo com as lendas, todos que se apaixonam por ela morrem logo em seguida.

Dia 07, sexta-feira, 17h
Mostra de Cinema Europeu
O que estamos esperando?
(Qu’est-ce qu’on attend?) de Marie-Monique Robin. França. 2016. 119 min. Documentário. Livre.
Quem acreditaria que a campeã internacional das cidades em transição é uma pequena comunidade francesa? Rob Hopkins, fundador do movimento das cidades em transição, é quem diz isso. O filme conta como uma pequena cidade da Alsácia, de 2200 habitantes, começou o processo de transição para a era do pós-petróleo, decidindo reduzir o impacto ambiental.
Dia 07, sexta-feira, 19h
Mostra de Cinema Europeu
O último poço
(Posljednji bunar) de Filip Filković Philatz. Croácia. 2015. 20 min.Ficção. Sem classificação.
No ano de 2037, o dono do último poço de água natural precisa fazer um último comércio antes que o mesmo seque.
O Galho de Prata
(The Silver Branch) de Katrina Costello. Irlanda.2017. 75 min. Documentário. Livre.
Um elogio cinematográfico à natureza e à cultura agrária e um vislumbre da vida do fazendeiro/poeta Patrick McCormack, descendente de gerações de fazendeiros que viveram na região Burren, no Condado de Clare. Os túmulos mesolíticos, os escassos vilarejos e infinitos muros de pedra contam a longa história de habitação humana na região Burren. Patrick deseja cultivar calmamente como seus antepassados, mas a vida toma um rumo diferente quando ele se junta ao Burren Action Group em sua campanha para se opor aos planos de um vasto centro interpretativo em Mullaghmore, uma batalha que dividiu a comunidade local mas acabou salvando essa região icônica. Essa estreia da diretora Katrina Costello, que filmou muitas das sequências da natureza de tirar o fôlego, cria uma experiência de visualização que é profundamente meditativa, levando a uma profunda conexão com o ambiente natural e uma maior conscientização de nosso papel na proteção do nosso planeta vulnerável.

Dia 08, sábado, 15h
Mostra de Cinema Europeu
Construindo o futuro – 100 anos de Bauhaus
(Vom Bauen der Zukunft  – 100 Jahre Bauhaus /Bauhaus Spirit –  100 Years of Bauhaus) de Niels Bolbrinker e Thomas Tielsch. Alemanha. 2018. 95 min. Documentário. Livre.
Os diretores Niels-Christian Bolbrinker e Thomas Tielsch lidam com Construindo o futuro – 100 anos Bauhaus – o título sugere – com a escola de arte e arquitetura da Bauhaus, que foi fundada há quase 100 anos e acima de tudo a questão é como a arquitetura pode garantir que as pessoas vivam melhor juntas e participem da vida cotidiana. Eles voltam ao começo da Bauhaus e se dedicam ao primeiro grupo de seguidores da Bauhaus a Walter Gropius. Além disso, eles exploram as mudanças que a Escola Bauhaus sofreu desde sua fundação e quais movimentos e inspirações surgiram a partir dela. Finalmente, os dois diretores também examinam a questão sobre o que a escola ainda tem na arquitetura e no planejamento espacial.
Dia 08, sábado, 17h
Mostra de Cinema Europeu
Os exilados românticos
(Los exiliados románticos) de Jonás Trueba. Espanha. 2015. 70 min. Drama Romântico. 12 anos.
Três amigos realizam uma viagem em busca de amores idílicos e efêmeros. O que eles pretendem é experimentar novas emoções que os faça sentirem-se vivos. Poderia ser uma tentativa de gastar os últimos momentos da juventude com certo heroísmo, mas também poderia ser uma mostra da decadência do gênero masculino.

Dia 11, terça, 19h
Infância, Cultura e Arte
A jaula de ouro
(La jaula de oro) de Diego Quemada-Díez. México, Espanha, Guatelama. 2013. 108 min. Drama. Sem classificação. Com Brandon López, Rodolfo Domínguez e Karen Martínez.
A jornada de três jovens imigrantes da Guatemala aos Estados Unidos em busca de uma vida melhor.
Mediação: Deborah Esther Grajzer, doutoranda em Educação (UFSC), Natalia Benatti Zardo, mestranda em Educação (UFSC) e Pastoral do Migrante de Florianópolis/SC.

Dia 12, quarta, 19h
ART7
O poderoso chefão
(The godfather) de Francis Ford Coppola. EUA. 1972. 175 min. Crime/Drama. 14 anos.
A luta de uma família de mafiosos italianos para permanecer no poder nos Estados Unidos pós-guerra.

Dia 13, quinta, 19h ABERTURA EXPOSIÇÃO

Dia 14, sexta, 19h
Psicanálise vai ao Cinema
Perfect Blue
(Pāfekuto Burū) de Satoshi Kon. Japão. 1997. 81 min. Animação/Thriller. 16 anos.
Mima é uma jovem cantora que decide seguir a carreira de atriz. Ao se ver perseguida e após uma experiência traumática, a linha divisória entre realidade e fantasia se atenua.
Mediação: Louise Lhullier, psicanalista, Fred Stapazolli, psicanalista e Denise Rogenski Raizel, advogada e mestranda em Literatura (UFSC).

Dia 18, terça, 17h
Foco em cinema
O ídolo do público
(Gentleman Jim) de Raoul Walsh. EUA. 1942. 104 min. Comédia. Livre.
Jim Corbett, pugilista em ascensão na cidade de São Francisco, onde o boxe é considerado ilegal, luta contra o campeão atual.
Mediação: Bruno Andrade, crítico de cinema.

Dia 18, terça, 19h
Foco em cinema
O round decisivo
(Walkower) de Jerzy Skolimowski. Polônia. 1965. 77 min. Drama. 14 anos.
Um jovem pugilista enfrenta um adversário difícil, ao mesmo tempo em que precisa fazer escolhas pessoais e profissionais sérias.
Mediação: Bruno Andrade, crítico de cinema.

Dia 19, quarta, 19h
ART7
O poderoso chefão  II
(The godfather: part II) de Francis Ford Coppola. EUA. 1974. 202 min. Crime/Drama. 14 anos.
A saga da família mafiosa volta no tempo até a chegada de Vito Corleone na América e à expansão dos negócios pelo filho.

Dia 21, sexta, 19h
Sessão Divã
Ela
(Her) de Spyke Jonze. EUA. 2013. 126 min. Drama/Ficção Científica. 14 anos.
Um escritor solitário desenvolve uma relação de amor especial com o novo sistema operacional do seu computador.
Mediação: Jairo Cardoso, jornalista e Rodrigo Gomes Ferreira, psicólogo clínico.

Dia 25, terça, 19h
Cine Africano
Sambizanga
De Sarah Maldoror. Angola. 1972. 102 min. Drama. Sem classificação.
O filme segue Maria, que procura pelo seu marido Domingos, um revolucionário angolano preso pela polícia secreta portuguesa.
Mediação: Alex Brandão (LEHAf/UFSC).
Dia 26, quarta, 19h
ART 7
O poderoso chefão III
(The godfather: part III) de Francis Ford Coppola. EUA. 1990. 162 min. Crime/ Drama. 14 anos.
Sucessor da família Corleone conta com a ajuda do sobrinho para legitimar seus interesses em Nova York e na Itália antes de sua morte.

Dia 27, quinta, 19h
Cine Italiano
Perfeitos desconhecidos
(Perfetti sconosciuti) de Paolo Genovese.Itália. 2016. 97 min. Comédia/Drama. 14 anos. Com Giuseppe Battiston, Valerio Mastandrea, Alba Rohrwacher
Velhos amigos resolvem compartilhar as mensagens privadas no celular provocando a discussão de temas como amizade, amor e traição, levando-os a descobrir que são “perfeitos estranhos”.
Mediação: Silvio Saffaro (Círculo Ítalo Brasileiro).  

Dia 28, sexta, 19h
Documentário Histórico
Hércules 56
De Silvio Darin. Brasil. 2006. 94 min. Documentário histórico. 14 anos.
Documentário que trata do sequestro do embaixador do Estados Unidos no Brasil, ocorrido em 1969, durante a ditadura militar.
Mediação: Rafael Rosa Hagemeyer, historiador.

Dia 29, sabado, 15h
Cine Francês AF
Lulu, nua e crua
(Lulu femme nue) de Solveig Anspach. França. 2013. 90 min. Comédia/Drama. 14 anos.
Após uma entrevista de emprego malsucedida, Lulu decide não voltar para casa. Nestes dias de liberdade, encontra alguém que perdeu de vista há muito tempo: ela mesma.

Blogspot Twitter