CINECLUBE 2019

 

FEVEREIRO

 

Dia 01, sexta-feira, às 19h  

ResistemCine!

Limpam com fogo

De Conrado Ferrato, Rafael Crespo e César Vieira. Brasil. 2017. 84 min. Documentário. 14 anos.

Investiga os motivos por trás dos incêndios em favelas na cidade de São Paulo, e explora a relação entre empresas do setor imobiliário e os vereadores que participaram da CPI dos Incêndios em Favelas na Câmara dos Vereadores.

Mediação: Cristine Larissa Clasen.

 

Dia 02, sábado, às 15h

Vampiros à Mostra

O que fazemos nas sombras

(What we do in the shadows) de Jemaine Clement e Taika Waititi. Nova Zelândia. 2014. 86 min. Comédia. Sem classificação. Com Jemaine Clement, Taika Waititi e Cori Gonzalez-Macuer.

Um grupo de cineastas registra o cotidiano e a intimidade de três vampiros que dividem uma casa no subúrbio da Nova Zelândia que lidam com os conflitos da convivência e tentam se acostumar com as dificuldades da vida moderna.

 

Dia 02, sábado, às 17h

Vampiros à Mostra

Garota sombria caminha pela noite

(A girl walks home alone at night) de Ana Lily Amirpour. EUA. 2014. 101 min. Drama/terror. 16 anos. Com Sheila Vand, Arash Marandi e Marshall Manesh.

Bad City é uma cidade fantasma iraniana com uma atmosfera de desesperança e solidão que abriga almas sórdidas onde uma vampira skatista ataca homens que desrespeitam mulheres.

 

Dia 05, terça-feira, às 19h

Vampiros à Mostra

Amantes eternos

(Only lovers left alive) de  Jim Jarmusch. Alemanha, Reino Unido, França. 2013. 123 min. Comédia/drama. 14 anos. Com  Tilda Swinton, Tom Hiddleston e Mia Wasikowska.

A história de amor e reencontro entre os vampiros Adam e a enigmática Eve já dura séculos. Mas a chegada da incontrolável irmã mais nova de Eve perturba o romance.

 

Dia 06, quarta-feira, às 19h

ART 7: Música, câmera, ação!

Cabaret

De Bob Fosse. EUA. 1972. 124 min. Drama/Musical. Sem classificação. Com Liza Minnelli, Michael York e Helmut Griem.

Berlim, anos 30. Sally, uma jovem americana que canta no cabaré Kit Kat, envolve-se com dois homens enquanto o partido nazista ascende na Alemanha.

 

Dia 07, quinta-feira, às 19h

Vampiros à Mostra

Sede de sangue

(Bakjwi) de Chan-wook Park. Coréia do Sul. 2009. 135 min. Drama/terror.  16 anos. Com Kang-Ho Com Song, Ok-bin Kim e In-hwan Park.

Sang-hyeon é um padre que trabalha num projeto secreto de desenvolvimento de vacinas. Durante um experimento ele é infectado e morre, mas ao receber uma transfusão de sangue de um desconhecido volta à vida como um vampiro.

 

Dia 08, sexta-feira, às 19h

Mostra Burkina Faso em Foco

Delwende – Levante-se e ande

(Delwende – Lève-toi et marche) de S. Pierre Yameogo. Burkina Faso. 2005. 86 min. Drama. Sem classificação. Com Blandine Yaméogo, Claire Ilboudo e Célestin Zongo.

Um surto de meningite traz a morte a muitas pessoas de uma aldeia e transforma-se numa caça às bruxas.

Mediação: Alex Brandão (LEHAf/UFSC).

 

Dia 12, terça-feira, às 19h

Cine Italiano

As mãos sobre a cidade

(Le mani sulla città) de Francesco Rosi. Itália. 1963. 101 min. Drama. Sem classificação. Com Rod Steiger, Guido Alberti e Salvo Randone.

A investigação da responsabilidade do desabamento de um prédio em Nápoles revela uma impiedosa denúncia de corrupção política e especulação imobiliária na Itália nos anos 60.

Mediação: Silvio Saffaro.

 

Dia 13, quarta-feira, às 19h

ART 7: Música, câmera, ação!

Canção de amor

(Sweethearts) de  W.S. Van Dyke. EUA. 1938. 114 min. Musical. Livre. Com Jeanette MacDonald, Nelson Eddy e Frank Morgan.

A equipe dos bastidores de uma produção de sucesso da Broadway tenta impedir que as estrelas Gwen e Ernest, atores inseparáveis, aceitem uma proposta de levar seu show para Hollywood.

 

Dia 14, quinta-feira, às 19h

Agnès Varda: as ficções de si

As praias de Agnès

(Les plages d’Agnès) de Agnès Varda. França. 2008. 110 min. Documentário. 14 anos.

A cineasta Agnès Varda faz uma retrospectiva dos lugares considerados importantes em sua vida. Ela relembra os tempos em que foi fotógrafa, seu casamento com o cineasta Jacques Demy e sua luta pela igualdade de direitos para as mulheres.

 

Dia 15, sexta-feira, às 19h

Mostra Burkina Faso em Foco

Sonhos de poeira

(Rêves de poussière) de Laurent Salgues. Burkina Faso. 2006. 83 min. Drama. Sem classificação. Com Makena Diop, Adama Ouédraogo e Rasmané Ouédraogo.

Um camponês nigeriano procura trabalho em Essakane, uma empoeirada mina de ouro no nordeste do Burkina Faso onde ele espera esquecer o passado.

Mediação: Alex Brandão (LEHAf/UFSC).

 

Dia 19, terça-feira, às 19h

Cine Francês AF

Como um leão

(Comme un lion) de Samuel Collardey. França. 2012. 102 min. Drama. Sem classificação. Com Mytri Attal, Marc Barbé e Jean-François Stévenin.

Mitri, um garoto senegalês de 15 anos, sonha em ser jogador de futebol. Quando um olheiro o seleciona para jogar em um time francês, o garoto acha que a sua vez chegou e sua família se endivida para pagar os custos de sua viagem.

Dia 20, quarta-feira, às 19h

ART 7: Música, câmera, ação!

Jesus Cristo Superstar

(Jesus Christ Superstar) de Norman Jewison. EUA. 1973. 108 min. Drama/Musical. 12 anos. Com Ted Neeley, Carl Anderson e Yvonne Elliman.

Os últimos dias de Jesus Cristo narrados do ponto de vista de Judas. À medida que o número de seguidores de Jesus aumenta, Judas começa a se preocupar que ele esteja se apaixonando por sua própria promoção, esquecendo os princípios dos seus ensinamentos.

Mediação: José Cláudio S. Castanheira, professor do Curso de Cinema (UFSC).

 

Dia 21, quinta-feira, às 19h

Agnès Varda: as ficções de si

Daguerrótipos

(Daguerréotypes) de Agnès Varda. França. 1976. 80 min. Documentário. Sem classificação.

Um olhar aprofundando, um retrato silencioso e paciente do cotidiano, das pessoas, da vida e da rua Daguerre, em Paris, onde viveu o famoso fotógrafo que inventou os primeiros dispositivos fotográficos: os daguerreótipos.

 

Dia 22, sexta-feira, às 16h

Cinemãe

Mãe só há uma

De Anna Muylaert. Brasil. 2016. 82 min. Drama. 16 anos. Com Naomi Nero, Dani Nefussi e Matheus Nachtergaele.

Em meio às descobertas da juventude, uma denúncia anônima obriga o jovem Pierre a fazer um teste de DNA que revela um segredo que vai transformar completamente sua vida.

 

Dia 22, sexta-feira, às 19h

Mostra Burkina Faso em Foco

Sia, o sonho de Píton

(Sia, le rêve du python) de Dani Kouyaté. Burkina Faso. 2001. 95 min. Drama/épico. Sem classificação. Com Fatoumata Diawara, Sotigui Kouyaté e Habib Dembélé.

Um imperador pede aos sacerdotes que pratiquem o ritual de sacrifício humano ao deus Píton, mas a virgem designada para o ritual se recusa e foge.

Mediação: Alex Brandão (LEHAf/UFSC).

 

Dia 23, sábado, às 15h

ART 7: Música, câmera, ação!

A noviça rebelde

(The sound of music) de Robert Wise. EUA. 1965. 172 min. Drama/musical. Livre. Com  Julie Andrews, Christopher Plummer e Eleanor Parker.

Maria, uma noviça que vive num convento em Salzburgo, Áustria, não consegue se adaptar às regras religiosas e vai trabalhar como governanta de um capitão viúvo com sete filhos criados com disciplina militar. Maria muda a rotina das crianças, trazendo alegria novamente à casa. Porém, a ascensão do nazismo ameaça a felicidade da família.

 

Dia 26, terça-feira, às 17h

Foco em Cinema

Delírio de loucura

(Bigger than life) de Nicholas Ray. EUA. 1956. 95 min. Drama. 14 anos. Com James Mason, Barbara Rush e Walter Matthau.

O professor Ed Avery é diagnosticado com uma rara doença. Aconselhado pelos médicos, decide participar de um tratamento experimental com cortisona. Milagrosamente recuperado, ele volta ao convívio familiar, mas o vício na substância logo revela um perturbado Ed.

Mediação: Bruno Andrade.

 

Dia 26, terça-feira, às 19h

Foco em Cinema

Um jogo brutal

(Un jeu brutal) de Jean-Claude Brisseau. França. 1983. 90 min. Drama. 16 anos. Com Bruno Cremer, Emmanuelle Debever e María Luisa García.

Pesquisador volta a cuidar da filha que, vítima de um problema na coluna, não consegue movimentar as pernas. Enquanto a garota se adapta à figura de uma governanta e do irmão desta, seu pai parte em uma matança com motivos misteriosos.

Mediação: Bruno Andrade.

 

Dia 27, quarta-feira, às 19h

ART 7: Música, câmera, ação!

Hair

De Milos Forman. EUA, Alemanha Ocidental. 1979. 121 min. Musical. 16 anos. Com John Savage, Treat Williams e Beverly D’Angelo.

Claude, um garoto de Oklahoma, é recrutado para a guerra do Vietnã. De passagem por Nova York antes de se apresentar conhece um grupo de hippies que lhe apresenta conceitos nada convencionais sobre comportamento e sociedade, que lhe instigam a ver a guerra sob outro ponto de vista.

Mediação: Helena Zanin, professora de teatro e mestranda em Educação (UDESC).

 

Dia 28, quinta-feira, às 19h

Agnès Varda: as ficções de si

Visages, Villages

De Agnès Varda e JR. França. 2017. 94 min. Documentário. 12 anos.

Uma road trip por regiões distantes dos centros urbanos da França motivada por experiência fotográfica do artista JR promovem encontros com pessoas anônimas, suas histórias e suas fotografias, despertando reflexões sobre o exercício de produzir e compartilhar imagens.

 

 

Blogspot Twitter