CINECLUBE MARÇO

fevereiro 27, 2015 | Sem categoria

Dia 02, segunda-feira, 19h, Filmes de Mulher AF

O intruso, de Claire Denis

O intruso

(L’intrus) de Claire Denis. França, 2004. 127min. Drama. 14 anos. Com Michel Subor, Grégoire Colin, Yekaterina Golubeva.

Homem vive sozinho com seus cachorros em uma floresta, com problemas no coração ele busca um transplante e o filho que não vê há anos.

 

Dia 03, terça-feira, 19h, Mostra de filmes africanos lusófonos AF

KuxaKanema O Nascimentodocinema

 

KUXA KANEMA: O NASCIMENTO DO CINEMA

De Margarida Cardoso. Moçambique/França/Portugal, 2003. 52min. Documentário. Livre.

Desenvolvimento na arte e na educação através do cinema em Moçambique e até nos povoados os mais isolados.

 

Dia 04, quarta-feira, 19h, Cine Art 7

Pacto de Sangue, de Billy Wilder2

Pacto de Sangue

(Double Indemnity) de Billy Wilder. EUA, 1944. 107min. Dramal. 12 anos. Com Fred MacMurray, Barbara Stanwyck, Edward G. Robinson.

Vendedor de seguro é induzido, por mulher sedutora, a matar marido

como se fosse acidente para receber seguro em dobro.

 

Dia 05, quinta-feira, 19h, Filmes de Mulher

As pequenas margaridas de Vera Chytilová3

As pequenas margaridas

(Sedmikrásky) de Vera Chytilová. Checoslováquia, 1966. 76min. Comédia. 14 anos. Com Ivana Karbanová, Jitka Cerhová, Marie Cesková.

Duas jovens bucam entender o sentido da vida se aventurando pois não aceitam mais a vida normal que levam e passam a fazer de tudo para extravasarem seus desejos.

 

Dia 06, sexta-feira, 19h, Cine Africano

Munyarangabo

De Lee Isaac Chung. Ruanda/EUA, 2008. 97min. Drama. 14 anos. Com Jeff Rutagengwa, Eric Ndorunkundiye, Jean Marie Vianney Nkurikiyinka.

A amizade entre dois amigos de tribos distintas é posta à prova quando seus pais alegam que rivalidade deveria torná-los inimigos.

 

Dia 09, segunda-feira, 19h, Filmes Que Voam

Espírito de Porco, de Chico Faganello

Espírito de porco

De Chico Faganello e Dauro Veras. Brasil, 2009. 52min. Documentário. 14 anos.

Porco nega que a sua espécie seja responsável pela poluição e pelas crises da suinocultura industrial, responsabilizando os seres humanos.

 

Dia 10, terça-feira, 19h, Mostra de filmes africanos lusófonos AF

Hóspedes da noite

De Licínio Azevedo. Moçambique/França, 2007. Documentário. 53min. Livre.

Na época colonial, o Grande Hotel, que ficava na cidade de Beira, era o maior de toda Moçambique: 350 quartos, suítes luxuosas, piscina olímpica… Atualmente o prédio, que está em ruínas, sem eletricidade ou água corrente, é habitado por 3.500 pessoas.

* FIPA de Ouro – Festival Internacional de Programas Audiovisuais 2008 (França)

 

Dia 11, quarta-feira, 19h, Cine Art 7

A beira do abismo, Howard Howks

À Beira do Abismo

(The Big Sleep) de Howard Hawks. EUA,1946. 114min. Drama. 12 anos. Com Humphrey Bogart, Lauren Bacall, John Ridgely.

Segredos, chantagens, desaparecimentos e homicídios ocorrem quando detetive é contratado para seguir a filha mais velha de um general.

 

Dia 12, quinta-feira, Não haverá sessão

Abertura espaço 2

 

Dia 13, sexta-feira, 19h, Sessão Divã

Incêndios, de Denis Villeneuve

Incêndios

(Incendies) de Denis Villeneuve. Canadá, 2010. 139min. Drama. 14 anos. Com

Irmãos gêmeos viajam em uma jornada ao Oriente Médio para descobrir sua história familiar e cumprir os últimos desejos de sua mãe.

Convidado: Jairo Cardoso, jornalista e colaborador do Fórum do Campo Lacaniano de Florianópolis.

 

Dia 16, segunda-feira, 19h, Filmes de Mulher

Persepolis

Persepolis

De Marjane Satrapi, Vincent Paronnau. França, 2007. 95min. Drama/animação. 14 anos.

Com o início da nova República Islâmica, que controla como as pessoas devem se vestir e agir, jovem é obrigada a usar o véu, incentivando-a  a se tornar uma revolucionária.

 

Dia 17, terça-feira, 19h, Mostra de filmes africanos lusófonos AF

O jardim do outro homem

O jardim do outro homem

De Sol de Carvalho. Moçambique/França/Portugal, 2006. 80min. Drama. 14 anos. Com Evaristo Abreu, Timóteo Maposse, Maria Amélia Pangane.

Jovem de moçambicana enfrenta obstáculos podem lhe custar um lugar na universidade, uma perda irreparável em um país com tão poucas oportunidades para as mulheres.

* Indicado na categoria melhor filme – Festival Cineport 2007 (Brasil)

 

Dia 18, quarta-feira, 19h, Cine Art 7

Mortalmente perigosa

Mortalmente Perigosa

(Deadly is the Female) de Joseph H. Lewis. EUA, 1950. 86min. Drama. 12 anos. Com John Dall, Peggy Cummins, Berry Kroeger.

Homem obcecado por armas de fogo desde a infância forma uma perigosa dupla com insinuante e misteriosa atiradora.

 

Dia 19, quinta-feira, 19h, Pré-estréia de Parking Area e Strangloscope Especial – Retrospectiva 2014

Parking Area – DETROIT – USA – 2015 – Duo Strangloscope (Rafael Schlichting & Cláudia Cárdenas) – 5,21min.

Steven Woloshen, 1000 Plateaus, Canada, 2014, 3,21min.

The great O, de Lisa Jeannin&Rolf Schuurman, Suecia, 2012, 5min.

Vernissage, Daniel Kotter, Alemanha,  2011, 11:00min.

Double Bind #3, Gilvanka Kedzior & Barbara Friedman, França, 2013, 3,50min.

Speculum, Richard Ashrowan, Edimburgh, 2014, 17,19min.

Unfortunately it is Paradise, Da Ralitsa Doncheva, Montreal, 2013, 10,21min.

Apodemy, Katerina Athanasopoulou, Greece/UK 2012, 5,08min.

Convidados: Airton Perrone – performance sonora e Iam Campigotto – Performance artística.

 

Dia 20, sexta-feira, 19h, Psicanálise vai ao cinema

A vida em preto e branco

A vida em preto e branco

(Pleasantville) de Garry Ross. EUA, 1998. 124min. Comédia. 14 anos. Com Tobey Maguire, Jeff Daniels, Joan Allen.

Dois irmãos brigam pelo controle remoto são transportados para um programa de tv dos anos 50.

Convidada: Gresiela Nunes da Rosa, psicanalista.

 

Dia 23, segunda-feira, 19h, Filmes de mulher AF

Coute que coute

Coûte que coûte

De Claire Simon. França, 1996. 90min. Documentário. 14 anos.

A luta permanente de pequenas empresas para sobreviver, pagar as despesas e os salários, tudo o que somos levados a fazer para viver em nosso mundo.

 

Dia 24, terça-feira, 19h, Mostra de filmes africanos lusófonos AF

Virgem Margarida

Virgem margarida

De Licínio Azevedo. Moçambique/França/Portugal, 2012. 90min. Drama. 14 anos.Com Ermelinda Cimela, Sumeia Maculuva, Victor Gonçalves.

Moçambique, 1975, uma jovem camponesa, é enviada por engano para um campo de reeducação, onde precisará enfrentar diversas desventuras.

* Prêmio de Melhor Filme – Festival de Amiens 2012 (França)

 

Dia 25, quarta-feira, 19h, Cine Art 7

Os quatro desconhecidos

Os Quatro Desconhecidos

(Kansas City Confidential) de Phil Karlson. EUA,1952. 99min. Drama. 12 anos. Com John Payne, Coleen Gray, Preston Foster.

Assaltante recruta criminosos para roubar carro forte e os obriga a usar máscaras para que não se identifiquem entre eles.

 

Dia 26, quinta-feira, 19h, Filmes de Mulher

amor-e-anarquia

Amor e anarquia

(Film d’Amore e d’Anarchia) de Lina Wertmüller. Itália, 1973. 120min. Drama. 16 anos. Com Giancarlo Giannini, Mariangela Melato, Eros Pagni.

Camponês anarquista que pretende matar Mussolini é acolhido por uma prostituta num bordel na cidade, onde fingem que são primos.

 

Dia 27, sexta-feira, 19h, Cinema, chá e cultura

Othello

De Orson Welles. Marrocos/Itália, 1952. 90min. Drama. 14 anos.

General desconfia que sua esposa mantém caso com um soldado, caindo num esquema de manipulação de um tenente amargurado.

Convidado:

 

Dia 30, segunda-feira, 19h, Filmes de mulher AF

Lulu, nua e crua

(Lulu femme nue) de Solveig Anspach. França, 2013. 87min.  Comédia. 14 anos.

Mulher decide não voltar para casa e parte deixando o marido e seus três filhos, se concede alguns dias de liberdade sem outro projeto além de aproveitar plenamente.

 

Dia 31, terça-feira, 19h, Mostra de filmes africanos lusófonos AF

Comboio de Canhoca

De Orlando Fortunato de Oliveira. Angola, 1989. Drama. 90min. 14 anos. Com Enoque Caracol, Cristina Cavalinhos, Filipe Crawford.

Alguns angolanos detidos pelas autoridades são esquecidos no meio do mato e lutam pela sobrevivência enfrentando mortes e acusações de traição entre eles.

Tags:

Deixe seu comentário

Blogspot Twitter