In(adequadas) narra personagens femininas

agosto 14, 2014 | Sem categoria

Felicidades clandestinas, de Silvia TeskePersonagens femininas são o centro de uma trama narrativa na exposição In(adequadas), da artista Silvia Teske, no Espaço 2 da Fundação Cultural Badesc, em Florianópolis.

Com tinta acrílica, lápis e caneta posca, a artista aborda personagens femininas bizarras, inadequadas e sorrateiras. Mesmo em grupo, são mulheres solitárias à margem da sociedade, representadas por meio da relação íntima entre o desenho e a pintura.

A temática das 10 obras em exposição é permeada por situações de impacto, criando estado de suspense para o observador. A ideia de fundos neutros, a maioria em escuro, cria a possibilidade de vazios a serem preenchidos, provocando o espectador a criar enredos paralelos.

Desengonçadas, aflitas e descabidas, as figuras não são confiáveis, possuem um olhar oblíquo e negam-se a serem padrões. Dessa forma, a interpretação do espectador ocorre sem desfecho, à espera de algo, o silêncio do sonho ou o vácuo da insensatez.

Mestre em artes visuais pela Udesc, Silvia é catarinense de Brusque e tem o papel feminino como foco desde o início de seu trabalho. Atualmente a artista organiza e faz curadoria para exposições de artes visuais em sua cidade, além de dar aulas e trabalhar em outros projetos.

O quê: exposição In(adequadas), de Sílvia Teske. Quando: visitação até 19 de setembro, de segunda a sexta, das 12h às 19h. Onde: Fundação Cultural Badesc. Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis, fone 3224-8846. Quanto: gratuito.

Tags:

Deixe seu comentário

Blogspot Twitter