Mostra de Cinema Atual Espanhol em cartaz

setembro 18, 2015 | Sem categoria

Viver é facil com os olhos fechados, de David Trueba

A Fundação Cultural Badesc em parceria com o Escritório Cultural da Embaixada da Espanha e o Instituto Cervantes, traz para Florianópolis a Mostra de Cinema Atual Espanhol 2015. Entre os dias 21 e 25 de setembro serão exibidos gratuitamente cinco filmes produzidos e realizados em 2013 e que representam diversos gêneros e temáticas do cinema espanhol.

Comédia, drama, documentário e ficção compõem a mostra, que inclui longas premiados e aclamados pela crítica como o filme “Viver é fácil com os olhos fechados”, do diretor David Trueba, vencedor de seis prêmios Goya. A comédia conta a históriade um professor de gramática que usa músicas dos Beatles para ensinar inglês na Espanha em 1966 e descobre que John Lennon vai visitar a província da Almeria durante as gravações de um filme.

Também serão exibidos o drama ‘Stockholm’, do diretor Rodrigo Sorogogyen; a ficção ‘Pessoas em lugares’, com direção de Juan Cavestany; o documentário ‘A praga’, do diretor Neús Ballús e o longa ‘A ferida’, que tem a direção de Fernando Franco.

A Mostra Cinema Atual Espanhol 2015 ocorreu em Belo Horizonte, Porto Alegre, Belém e Aracajú e depois de Florianópolis será realizada em Vitória, Brasília, Salvador, Curitiba, Manaus, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.

A Fundação Cultural Badesc está localizada à Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro de Florianópolis. As sessões são gratuitas e têm vagas limitadas.

 

PROGRAMAÇÃO

21/09- segunda-feira 19h

Viver é Fácil Com os Olhos Fechados (108 min /12 anos)

Direção: David Trueba

Sinopse: Antônio, um professor de gramática que usa músicas dos Beatles para ensinar inglês na Espanha em 1966, descobre que John Lennon vai visitar a província da Almeria durante as gravações de um filme. Determinado a conhecê-lo, ele dirige pela estrada em sua jornada. No caminho, dá carona a um garoto de 16 anos que fugiu de casa e uma garota de 21 que também parece estar fugindo de algo.


22/09 terça-feira 19h

Stockholm  (89 min /16 anos)

Direção: Rodrigo Sorogoyen

Sinopse: Em uma noite em uma balada, você vê uma mulher e fica apaixonado imediatamente. Você fala com ela, mas não acredita. Teima em acompanhá-la e consegue ficar com ela o resto da noite. O que aconteceria se na manhã seguinte ela não é a mulher que parecia ser? Uma noite, numa balada, você está cansada e aparece o típico homem que fala que se apaixonou por você. Você fala para ele ir embora, mas ele insiste. Você percebe que não é o típico homem: é engraçado e charmoso. O que aconteceria se na manhã seguinte não é o homem que parecia ser?

23/09 quarta-feira 19h

Pessoas em Lugares (77 min /Livre)

Direção: Juan Cavestany

Sinopse: Um conto “caleidoscópico”, como define o próprio diretor Juan Cavestany, este experimento parece fazer aleatoriamente o seu caminho através da comédia, do drama, da crônica social, do horror e do surrealismo, com um único denominador comum: a poesia intransigente da condição humana contra a investida do inusitado e do caótico. Um filme ambicioso, composto por 20 cenas curtas, com diferentes tons e temas. Não há nenhuma ligação entre elas, muito pelo contrário. A arbitrariedade por si só dá um sentimento de unidade ao discurso.

 

24/09 quinta-feira – 19h

A Ferida (99 min/16 anos)

Direção: Fernando Franco

Sinopse: Ana é uma motorista de ambulância de 28 anos. Apesar de eficiente em seu trabalho, ela tem problemas sérios em se relacionar com os outros sendo socialmente desajeitada e até agressiva com os que são próximos a ela. Isso a deixa infeliz e muito culpada o que a leva até a violência. O que ela não sabe é que sofre do que os psiquiatras chamam de Transtorno de Personalidade Limítrofe.

25/09 sexta-feira – 19h

A Praga (85 min/Livre)

Direção: Neús Ballús

Sinopse: Raul é um agricultor que quer plantar alimentos orgânicos. Para ajudá-lo, ele contrata Iurie, um lutador de luta-livre da Moldávia (Europa) que ganha a vida com o que aparece à sua frente. Aos poucos, suas histórias cruzam a vida de três mulheres solitárias: Maria, uma senhora obrigada a deixar sua casa no interior e viver em um asilo; Rose, uma enfermeira filipina que acaba de chegar ao país; e Maribel, uma prostituta com cada vez menos clientes.

Serviço

O quê: Mostra de Cinema Atual Espanhol 2015
Data: 21 a 25 de setembro
Horário: 19h
Local: Fundação Cultural Badesc – Rua Visconde de Ouro Preto, 216 – Centro – Florianópolis.
Entrada Gratuita

Tags:

Deixe seu comentário

Blogspot Twitter