Mostra de Cinema Atual Espanhol

agosto 21, 2014 | Sem categoria

Branca de neve, de Pablo Berger

Comédia, drama, animação e documentário em cinco longas de 2012

Cinco longas espanhóis estão em cartaz nos dias 2, 9, 16, 23 e 30 de setembro, terças feiras, às 19 horas, na Mostra Cinema Atual Espanhol no Cineclube da Fundação Cultural Badesc, com filmes premiados, que incluem Mapa, de León Siminiani – vencedor de Melhor Documentário Europeu no Festival de Sevilla e Branca de Neve, o melhor filme do Goya Awards.

A realização é do Escritório Cultural da Embaixada da Espanha no Brasil, Sociedade Cultural Brasil-Espanha e Instituto Cervantes de Brasília.

A proposta é apresentar heterogeneidade de temáticas e de gêneros da cinematografia espanhola em diálogo com a diversidade cultural brasileira.

Esta edição da Mostra apresenta um recorte da variedade de gêneros da indústria cinematográfica da Espanha como consequência de uma seleção de longas produzida em 2012 por jovens diretores. Todos os filmes são legendados em português e há comédia dramática, drama, animação e documentário.

A Mostra está ocorrendo em centros culturais das principais cidades brasileiras de 2 setembro a 22 de dezembro. Além de Florianópolis, onde ocorre a abertura da programação, no dia 2, com Branca de Neve, estão incluídas outras capitais: Belém, Porto Alegre, Fortaleza, Curitiba, Brasília, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo.

www.culturaespanha.org.br

 

 

PROGRAMAÇÃO

 

Dia 2, terça-feira, às 19h.

Branca de Neve

(Blancanieves) De Pablo Berger. França/Espanha, 2012. 105min. Drama, fantasia. 12 anos. Com Maribel Verdú, Emilio Gavira, Daniel Giménez Cacho.

Após a morte da avó, Branca de Neve é impedida de ficar com seu pai e viaja com seis anões participando de touradas.

 

Dia 9, terça-feira, às 19h.

Carmina ou que se exploda

(Carmina o revienta) De Paco León. Espanha 2012. 70min. Drama/Comédia. 12 anos. Com Carmina Barrios, María Leon, Paco Casaus, Ana M. Garcia.

Depois de sofrer vários assaltos, dona de uma venda em Sevilla inventa uma forma original de conseguir dinheiro para sua família.

 

Dia 16, terça-feira, às 19h.

O que os homens falam

(Una pistola en cada mano) De Cesc Gay, Espanha, 2012. 95min. Comédia romântica. 12 anos. Com Javier Câmara, Ricardo Darín, Eduard Fernández.

Comédia irônica e sem compaixão sobre as deficiências, fraquezas e outras “virtudes” dos homens de hoje: perdidos e confusos em busca de uma nova identidade.

 

Dia 23, terça-feira, às 19h.

Mapa

De León Siminiani. Espanha, 2012. 85min. Documentário. 12 anos.

Jovem ex-diretor de programa de TV em busca de seu primeiro filme viaja para a Índia.

 

Dia 30, terça-feira, às 19h.

O Apóstolo

(El Apóstol) De Fernando Cortizo. Espanha, 2012. 72min. Animação. Livre.

Fugitivo da cadeia tenta recuperar riquezas escondidas em uma aldeia longínqua cheia de terror, humor e fantasia.

Tags:

Deixe seu comentário

Blogspot Twitter