Programação do Cineclube para junho de 2016

maio 31, 2016 | CINECLUBE

 

Dia 1, quarta-feira,Festival de Cinema Europeu

01 - feliz para morrer|17h| Feliz Para Morrer

de Matevž Luzar. Eslovênia. 2013. 100 min. Comédia dramática. Livre.

Ivan, um professor de música aposentado, já está cansado da vida. Pronto para morrer, compra uma tumba e entra num lar de idosos. Porém, num curso de informática ele redescobre a paixão de viver.

01 - fair play|19h| Fair Play

De Andrea Sedlácková. República Tcheca. 2014. 100 min. Drama. 12 anos.

Década de 80 na Tchecoslováquia. A jovem atleta Anna está selecionada para os Jogos Olímpicos. Como parte da preparação, ela é colocada em um “programa médico” secreto onde é dopada com esteroides anabolizantes.

 

Dia 2, quinta-feira, Festival de Cinema Europeu

02 - o casamento silencioso|17h| O Casamento Silencioso

De Horațiu Mălăele. Romênia. 2008. 87 min. Comedia, Drama. 16 anos.

Quando um casamento é interrompido pela notícia sobre a morte de Stalin, os participantes decidem transformar este evento feliz em um casamento em silêncio. Porém após alguns copos de bebida eles esquecem do voto que fizeram.


boas vibrações
|19h| O Idealista

De Christina Rosendahl. Dinamarca. 2015. 114 min. Suspense. 10 anos.

Jornalista investiga o acidente de um avião americano com bombas de hidrogênio que caiu na Groenlândia durante a Guerra Fria. Enquanto isso, doenças mortais afetam os trabalhadores que foram escalados na época para limpar o local.

 

Dia 3, sexta-feira, Festival de Cinema Europeu

boas vibrações|17h| Boas Vibrações

De Lisa Barros D’Sa, Glenn Leyburn. Irlanda. 2012. 103 min. Biografia, música. 16 anos.

Lutando contra a oposição política e pessoal, Terri Hooley abre uma loja de discos e torna-se o padrinho do cenário punk da Irlanda do Norte, lançando bandas como a “The Undertones”.

 

o vale sombrio19h|O Vale Sombrio

De Andreas Prochaska. Áustria. 2014. 115 min. Western. 12 anos.

Greider, fotógrafo americano, busca abrigo em uma vila, o que consegue somente ao dar todas as suas economias para Hans Brenner, chefe autoritário do local. Logo comprovamos que Greider não é quem diz ser e há motivações obscuras por trás do seu interesse na vila reprimida pelos Brenner.

 

06 - Adeus LêninDia 6, segunda feira, 19h, Imagens do desejo

Adeus Lênin!

(Good Bye, Lenin!)de Wolfgang Becker. Alemanha. 2003. 121 min. Comédia dramática. 14 anos. Com Daniel Brühl, Katrin Saß e Chulpan Khamatova.

No ano de 1989, Christiane entra em coma e não assiste à queda do muro de Berlim. Quando ela desperta, seu filho Alex tenta convencê-la de que a Alemanha Oriental ainda existe.

 

07 - quarto do filhoDia 7, terça-feira, 19h, Mostra Festival de Cannes

O Quarto do Filho

(La Stanza del Figlio) de Nanni Moretti. Itália, França. 2001. 99 min. Drama. Com Nanni Moretti, Laura Morante e Jasmine Trinca.

Para atender ao chamado urgente de um paciente, o psicanalista Giovanni deixa de acompanhar o filho à praia e nesse passeio o rapaz morre afogado. A família ressente-se profundamente com a morte e Giovanni sofre uma forte sensação de remorso, apesar do apoio da esposa.

 

08 virtude selvagemDia 8, quarta feira, 19h, Art 7

Virtude selvagem

(The Yarling) De Clarence Brown. EUA. 1946. 128min. Drama. Com Gregory Peck, Jane Wyman, Claude Jarman Jr. Ciclo: Entre a Infância e Maturidade.

Menino adota um cervo que destrói as plantações da família. Quando o pai decide matar o animal, o menino solta-o na floresta. Mas ele retorna e o menino precisa decidir o que fazer.

 

9 - teatro contra barbarieDia 9, quinta-feira, 19h, Cine Imagens Políticas

Mostra: Arte e Resistência

Apresenta a luta de alguns movimentos teatrais em busca de mais respeito e valorização da cultura brasileira, retratando a relação entre artistas, sociedade e poder público.   

Teatro contra barbárie

De Evaldo Mocarzel. Brasil. 2012. 30 min. Documentário. Livre. Com o Movimento Arte Contra a Barbárie.

O povo da corte

De Chico Caprário. Brasil. 2006. 15 min. Livre. Com Renato Turnes, Álvaro Guarnieri e Valeska Bittencourt.

Comentaritas: Emanuele Mattiello – Gr. Imagens Políticas e Dir. de Comunicação da FECATE, Chico Caprário – Diretor, Roteirista e Produtor, Marília Carbonari – Diretora e Profa. Teatro/UFSC, Elaine Sallas – Mestranda em Teatro-MST/Udesc.

 

10 - vida secreta das palavrasDia 10, sexta feira, 19h, Sessão Divã

A vida secreta das palavras

(La vida secreta de las palabras)de Isabel Coixet. Espanha. 2005. 115 min. Drama. 12 anos. Com Sarah Polley, Tim Robbins e Javier Cámara.

Um incidente em uma plataforma petrolífera aproxima Hannah, uma mulher introvertida e solitária, e Josef, que sofreu uma série de queimaduras que o deixaram cego temporariamente. O filme aborda o passado, como sobreviver a ele e como superá-lo, sem deixar de lado o convívio com o presente.

Comentarista: Michele Brofman, psicanalista do Fórum do Campo Lacaniano de Florianópolis (em formação)

 

13 - O grande bazarDia 13, segunda-feira, 19h, Cine Africano

O Grande Bazar

De Licinio Azevedo. Moçambique. 2006. 56 min. Drama. 16 anos. Com Edmundo Mondlane, Chico António e Chano Orlando.

Dois meninos com experiências e objetivos diferentes encontram-se num velho mercado africano. Um deles procura trabalho para readquirir o que lhe foi roubado e poder voltar à casa; o outro chega mesmo a roubar para não ter que viver com a família.

 

14 - viridianaDia 14, terça-feira, 19h, Mostra Festival de Cannes

Viridiana

De Luís Buñuel. Espanha. 1961. 90min. Drama. Sem classificação. Com Silvia Pinal, Fernando Rey e Francisco Rabal.

Noviça, crendo-se desonrada, abandona convento para ajudar mendigos, com consequencias hilariantes.

 

15 os esquecidosDia 15, quarta feira, 19h, ART7

Os esquecidos

(Los Olvidados) De Luis Buñuel. México. 1950. 85min. Drama. Com Roberto Cobo, Miguel Inclan e Alma Delia. Fuentes. Ciclo: Entre a Infância e Maturidade.

Jovens delinqüentes passam os dias cometendo pequenos roubos. Um deles era fugitivo do reformatório e outro se envolve em assassinato.

 

 

13244798_973379256114152_851495337550111515_nDia 16, quinta-feira, 19h, Bloomsday

Os Vivos e os Mortos

(The Dead) de John Huston. Reino Unido, Irlanda, EUA. 1987. 83 min. Drama. Com  Anjelica Huston, Donal McCann e Dan O’Herlihy.

No Dia de Reis, as velhas irmãs Morgan oferecem um jantar para família e amigos. A reunião proporciona conversas sobre diversos assuntos, suscitando memórias e reflexões nos participantes.

 

17 - ostra e ventoDia 17, sexta feira, 19h, Psicanálise vai ao cinema

A ostra e o vento

De Walter Lima Jr. Brasil. 1997. 118 min. Drama. 14 anos.Com Lima Duarte, Leandra Leal, Fernando Torres.

Uma jovem e seu pai vivem numa ilha distante. Pela solidão que lhe é imposta, ela se revolta contra o pai severo  e desenvolve uma inusitada paixão

Comentadoristas: Jair T. da Fonseca, Prof. Dr. em Teoria Literária (UFSC). Jussara D. Leite, psicanalista, Núcleo Pandorga (EBP-SC)

 

20 - s'en fou la mortDia 20, segunda-feira, 19h, Cine Francês Aliança Francesa

S’en fou la mort

De Claire Denis. França. 1990. 97 min. Drama. Com Isaach De Bankolé, Alex Descas e Solveig Dommartin.

Dah e Jocelyn migram da África para a França e se envolvem com a briga de galos clandestina, treinando os animais no subsolo de um restaurante.

 

21 - milagre em milãoDia 21, terça-feira, 19h, Mostra Festival de Cannes

Milagre em Milão

(Miracolo a Milano) de Vittorio De Sica. Itália. 1951. 100min. Comédia, Fantasia. Com Francesco Golisano, Paolo Stoppa e Guglielmo Barnabò.

Totò, um órfão encontrado em um pé de alface, vai morar em uma comunidade de mendigos. Lá, eles encontram petróleo.

 

22 - a longa caminhadaDia 22, quarta feira, 19h, ART7

A longa caminhada

(Walkabout) De Nicolas Roeg. Inglaterra, Austrália. 1971. 100min. Drama, aventura. Ciclo: Entre a Infância e a Maturidade. Com Jenny Agutter, David Gulpilil, Luc Roeg

Crianças abandonadas pelo pai em região desabitada são auxiliados por aborígene que vive sozinho para cumprir voto de sua tribo.

 

Dia 23, quinta-feira, 19h, ABERTURA DE EXPOSIÇÃO

Não haverá sessão no Cineclube.

 

24 - alienDia 24, sexta-feira, 19h, Cinema, Chá e Cultura

Alien, o Oitavo Passageiro

(Alien) De Ridley Scott. EUA, Reino Unido. 1979. 117 min. Terror, Sci-fi. Com Sigourney Weaver, Tom Skerritt e John Hurt.

Uma nave espacial recebe estranhos sinais vindos de um asteróide. Ao investigar o local, um dos tripulantes é atacado. O terror domina a tripulação quando descobrem que o tripulante atacado levou para dentro da nave o embrião de um alienígena.

Comentarista: Daniel Serravalle de Sá – professor na Universidade Federal de Santa Catarina e atua nas áreas de Literatura e Cinema. Nos últimos anos, tem escrito sobre o gótico e suas manifestações em diferentes contextos culturais.

 

27 - a segurança internaDia 27, segunda-feira, 19h, Cine Alemão Instituto Goethe

A Segurança Interna

(Die innere Sicherheit) de Christian Petzold. Alemanaha. 2000. 119 min. Drama. Com Julia Hummer, Barbara Auer e Richy Müller.

Um casal de ex-militantes do movimento terrorista vive há anos na clandestinidade com sua filha adolescente. Em algum lugar em Portugal, eles tentam construir uma identidade mais ou menos legal, mas um simples descuido faz tudo ruir por terra.

 

28 - sob o sol de satãDia 28, terça feira. 19h, mostra Cannes

Sob o sol de Satã

(Sous le soleil de Satan) de Maurice Pialat. França. 1987. 97min. Drama. Com Gérard Depardieu, Sandrinne Bonnaire e Maurice Pialat.

Jovem padre encontra Satã, ao se perder em um campo, e depois tenta salvar a alma de uma jovem assassina.

 

29 - esperanca e gloriaDia 29, quarta feira, 19h, ART7

Esperança e glória

(Hope and Glory) De John Boorman. EUA. 1987. 113min. Drama, romance comédia. Ciclo: Entre a Infância e a Maturidade. Com Sarah Miles, David Hayman, Sebastian Rice-Edwards.

Para o pequeno Bill, a guerra significa dias sem aula, uma grande aventura em meio a bombardeios e um aprendizado sobre morte, amor, sexo, liberdade.

 


30 - rio da madreDia 30, quinta feira, 19h, Cine Catarina

Rio da Madre

De Fábio Fábio Brüggemann. Brasil. 2016. 19 min. Drama. Com Eduardo Hoffmann, Barbara Biscaro e Mhirley Lopes.


Baseado no conto Riomadrenses, do diretor e roteirista Fábio Brüggemann, é uma fábula sobre um bebê que não chora e trata das reflexões e transformações que uma comunidade isolada sofre a partir disto.. O filme trata do silêncio numa sociedade em que todos se importam com a vida dos outros mais do que com as suas, cogitam coisas que não existem e o mistério habita o lugar.

Haverá debate com a presença do diretor e equipe.

 

Tags:

Deixe seu comentário

Blogspot Twitter