Audrian Cassanelli abre exposição inédita em Florianópolis

Audrian Convite

O Filho da Soja poderá ser visitada a partir de 26 de julho na Fundação Cultural BADESC

O artista catarinense Audrian Cassanelli abre em 26 de julho a exposição O Filho da Soja, na Fundação Cultural BADESC, em Florianópolis. A abertura está marcada para as 18h e vai contar com a presença do artista que mora em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina.
A exposição, que foi selecionada no Edital 2022 da Fundação, é inédita e vem sendo preparada há mais de um ano pelo artista. “A mostra é um fragmento da minha pesquisa de mestrado em Artes Visuais junto à UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), onde pesquiso o autorretrato fotográfico associado às ervas daninhas”, destaca o artista.
Na primeira individual da carreira na Fundação, Audrian vai apresentar cerca de 13 obras, sendo que uma delas é uma instalação com pés de soja que vai ocupar uma sala inteira do espaço expositivo. A exposição é composta ainda por fotografias impressas em diversos suportes, desde a clássica impressão em fine art até a fitotipia, que é um processo de impressão sem utilização de tinta e direto sobre a folha de planta.

Revanche simbólica
O Filho da Soja aborda a existência LGBTQIAP+ em cidades do interior de Santa Catarina, a partir da vivência do artista em cidades do Oeste catarinense, onde a principal fonte de renda vem das monoculturas de grãos. “Além das monoculturas de grãos, há por parte das pessoas nesses locais uma monocultura de mentes, onde o diferente é posto à margem e visto como uma peste, como um inço no meio da lavoura”, compartilha.
Ainda segundo o artista, a exposição serve como uma revanche simbólica e tardia a estes espaços onde crescer sendo quem se é, nem sempre é uma opção. “Em muitos deles precisamos disfarçar quem somos, para fazer parte do contexto”, completa.

O Filho da Soja
A exposição abre no dia 26 e poderá ser visitada gratuitamente até 9 de setembro, sempre de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h.
“Estou feliz em poder expor na Fundação, e mais feliz ainda em ver a multiplicidade de propostas selecionadas e como elas são provenientes de diversos locais do Estado. Isto mostra um compromisso em fomentar as artes para além de Florianópolis e dos grandes centros”
A Fundação Cultural BADESC fica na Rua Visconde de Ouro Preto, 216, no Centro de Florianópolis.

Sobre o artista
Natural de Xanxerê/SC, Audrian é mestrando no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da UFSM na linha de pesquisa de Arte e Tecnologia sob orientação da Prof.ª Dr.ª Darci Raquel Fonseca. É bolsista CAPES, integra o Grupo de Pesquisa em Fotografia (LabFoto) - UFSM e Laboratório de Pesquisa de Filosofia da Fotografia (LabFotoFilo) - FAFIL-UFG. Possui graduação em Artes Visuais - Licenciatura Plena pela Unochapecó. Além de ser membro cofundador do Coletivo Inço. Participou de inúmeras exposições pelo país, destaque para participação no Edital Nacional - ArteSesc Confluências (2015), Bienal Internacional de Curitiba-Polo SC (2017 e 2019) e IV Bienal do Sertão de Artes Visuais (2019). Sua pesquisa tem como foco o autorretrato fotográfico e a imagem do corpo humano associado às ervas-daninhas.

Serviço: Abertura exposição O Filho da Soja de Audrian Cassanelli
Data: 26 de julho – terça-feira
Horário: 18h às 20h30
Local: Fundação Cultural BADESC (Rua Visconde de Ouro Preto, 216 – Centro Florianópolis/SC)
Visitação de 27 de julho a 9 de setembro de 2022 – de segunda a sexta, das 13h às 19h
Entrada gratuita

Compartilhe este post: