EXTREMOS, de Tereza Bossler

Extremos tratou do fluxo cada vez maior de veículos nas grandes cidades, provocado pela ânsia de ocupar maior espaço em menor tempo, que faz com que os cidadãos se esqueçam de diminuir o ritmo e desacelerar. A instalação adquiriu um corpo que evocava o caráter efêmero da vida e dos objetos, a partir do vidro, perpetuando-se no meio de nós.

ESCRITO, de Maíra Dietrich

Escrito foi uma instalação que alinhou questões do pensamento gráfico, problematizando uma simbiose entre o desenho e a escrita, representado pelo desperdício da linha que poderia ser escrita e transformada em gesto repetitivo e vazado, indicado pelo desaparecimento da página sendo rasgada.

FUNDAÇÃO CULTURAL BADESC

Passados 15 anos, a Fundação é considerada um dos espaços expositivos e culturais mais conceituados de Santa Catarina. Prova disso são os números das atividades culturais gratuitas realizadas ao longo desses anos.
Nesta página, registros de 2006 até 2014 das atividades realizadas na Fundação Cultural BADESC.

HAITI BOMBAGAI, de Radilson Carlos Gomes

A exposição reuniu 39 fotografias produzidas em 2011, um ano após o terremoto que assolou o Haiti e
que resultou em pelo menos 100 mil mortos e mais de três milhões de atingidos. Radilson esteve no Haiti
como integrante da equipe multidisciplinar do Itamaraty e do Ministério da Saúde, na cooperação técnico científica Brasil-Haiti.

Espaço Expositivo Fernando Beck.

ESPAÇO FERNANDO BECK

O projeto resgata a história do Espaço Fernando Beck, essencial à memória das Artes em Florianópolis. Nesta página, registros das exposições ocorridas de 1991 a 2005, período em que o Espaço ocupou o Hall da Agência BADESC, sob coordenação de Neusa Barbi.