Cineclube da Fundação Cultural Badesc apresenta Mostra Ao Vitor, pelo fim do genocídio – imagens indígenas

mostra indígena

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Cineclube da Fundação Cultural Badesc apresenta na quinta-feira, 10 de março, a partir das 19h, a mostra Ao Vitor, pelo fim do genocídio – imagens indígenas com duas produções catarinenses e uma paulista. Os filmes KIKI – O Ritual da Resistência Kaingang, Mbyá Reko Pyguá, a luz das palavras e Guarani Resiste irão apresentar os rituais, cultura e realidade dos indígenas Kaingang (Chapecó), Mbyá Guarani (Biguaçú) e Guarani (São Paulo). A mostra faz parte do Cine Imagens Políticas, uma parceria do Grupo de Pesquisa Imagens Políticas do Centro de Artes da Udesc com a Fundação, e recebeu este nome como uma homenagem ao indígena Vitor, de dois anos, que foi assassinado em dezembro de 2015, em Imbituba em SC.

Após a exibição o público poderá debater com pesquisadores e produtores Cassemiro Vitorino (Chapecó-SC), Lígia Marina (Belo Horizonte-MG) e Cinthia Creatini da Rocha (Florianópolis-SC), com moderação de Emanuele Mattiello.

Alunos da escola indígena do Morro dos Cavalos estarão presentes no evento e participarão de oficina sobre o tema. A entrada para o Cineclube é gratuita.

Novidades

Esse é o quarto ano de parceria do grupo de Pesquisa Imagens Políticas com a Fundação Cultural Badesc. Foram exibidos mais de 30 filmes e mais de 100 artistas envolvidos. Para 2016, o Cine Imagens Políticas inicia com duas novidades. A primeira é que serão feitas atividades programadas com público específico para cada sessão do filme, antes ou depois da sessão. O objetivo é desdobrar o conteúdo do filme e fomentar a formação cultural da comunidade local. Além disso, serão inseridas estreias de produções catarinenses e nacionais na mostra. Como de costume, sempre após as exibições, uma roda de conversa é aberta com o intuito de intercambiar a pesquisa do grupo com as produções audiovisuais e público.

Serviço:

O que: Mostra Ao Vitor, pelo fim do genocídio – imagens indígenas
Quando: 10 de março (quinta-feira), às 19h
Onde: Fundação Cultural Badesc – Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis – Fone 3224-8846
Entrada gratuita

Compartilhe este post: