Cineclube Março

Confira a programação dos cineclubes no mês de março. Sessões acontecem sempre às 19h na Fundação Cultural Badesc.

Dia 1, Cine Sesc

A janela
(La ventana)
De Carlos Sorin, Argentina, Espanha, 2008. 85 min. Drama. 14 anos.
Com Antonio Larreta, Maria del Carman Jimánez, Emilse Roldán, Arturo Goetz.
Último dia da vida de Antônio, escritor de 80 anos que espera por seu filho. Impossibilitado de sair do quarto vê o mundo através da sua janela.

 

Dia 4, Cine Sesc

A mocidade de Lincoln
(Young Mr. Lincoln)
De John Ford, Estados Unidos, 1939. 100 min. Comédia dramática. Livre.
Com Henry Fonda, Alice Brady, Eddie Collins e Marjorie Weaver.
Dramatização da juventude de um dos maiores presidentes dos Estados Unidos, quando ainda seguia a carreira de advogado.

 

 

Dia 5, Cine Sesc

Um homem que grita
(Um homme qui crie)
De Mahamat Saleh Haroun, França, Bélgica, 2010. 92 min. Drama. 12 anos.
Com Emile Abossolo M’Bo, Youssouf Djaoro.
Durante a guerra civil no Chade (África), um ex-campeão de natação trabalha na beira de uma piscina de hotel. Quando o hotel é vendido, seu filho toma o posto.

 

 

Dia 6, Art 7

Bonequinha de luxo
(Breakfast at Tiffany’s)
De Blake Edwards, Estados Unidos, 1961. 115 min. Comédia dramática. Livre.
Com Audrey Hepburn e George Peppard
Garota de programa nova-iorquina que está decidida a casar-se com um milionário, mas não conta com o fato de se apaixonar por jovem escritor bancado pela amante.

 

 

Dia 7, Imagens Políticas

O anjo azul
(Der Blaue Engel),
De Josef von Sternberg, Alemanha, 1930.  100 min. Drama. Livre.
Com Emil Jannings e Marlene Dietrich
Situado na República de Weimar na década de 20, o filme mostra a decadência de um professor conservador na companhia de uma atriz de cabaré popular. Alegoria da degeneração moral na época da ascensão do nazismo.

 

Convidada: Fátima Costa de Lima, professora do Centro de Artes da Udesc.

 

Dia 8, Psicanálise vai ao cinema

Lixo extraordinário
De Lucy Walker, João Jardim e Karen Harley, Brasil-Reino Unido, 2009. 99 min. Documentário. Livre.
O filme acompanha o trabalho do artista plástico Vik Muniz e seu contato com os catadores de lixo no aterro sanitário Jardim Gramacho, na periferia do Rio de Janeiro.

 

 

 

Dia 11, Cine Francês

Quando as mulheres intervêm
(Quand les femmes s’en mêlent)
De Jean-Micheal Gaillard e Stéphane Khémis, França, 2003. 52 min. Documentário. Livre.
Relata a história do feminismo desde o pós-guerra através de três gerações de mulheres.

 

 

 

Dia 12,  O filme que gostaria de ter feito

Iracema – Uma transa Amazônica
De Jorge Bodanzky e Orlando Senna, Brasil, 1976. 91 min. Docudrama. 16 anos.
Em 1974, em plena ditadura, quando o governo militar alardeava a propaganda da construção do “Brasil Grande”, o filme segue a trajetória de um caminhoneiro e de uma prostituta pela estrada.

 

 

Convidado: Joca Wolff, professor do Centro de Comunicação e Expressão da UFSC.

 

Dia 13,  Art 7

Duas mulheres
(La Ciociara)
De Vittorio de Sica, Itália, 1960. 100 min. Drama. 12 anos.
Com Sophia Loren,  Jean-Paul Belmondo e Eleonora Brown.
Durante a 2ª Guerra, Cesira foge de Roma para o interior da Itália com a filha, conhece o intelectual Michele e se encanta com seu sonho de mudar o mundo e fazer justiça. Baseado no romance La Ciociara, de Alberto Moravia.

 

 

Dia 14, Cine Tibetano

Camelos também choram
(Die Geschichte vom Weinenden Kamel) 
De Byambasuren Davaa e Luigi Falorni, Alemanha/Mongólia, 2004. 87 min. Documentário. Livre.
Na Mongólia, um camelo tem um parto doloroso e após muito esforço nasce um raro camelo branco, mas é rejeitado pela mãe.

 

 

 

Dia 15,  Cine Sesc

Almoço em agosto
(Pranzo di ferragosto)
De Gianni Di Gregório, Itália, 2009. 75 min. Comédia. Livre.
Com Gianni Di Gregório, Valeria de Franciscis, Alfonso Santagata e Maria Cali.
Um homem está com o aluguel atrasado e para ter parte de sua dívida quitada, terá que hospedar a mãe e a tia do proprietário do apartamento durante um feriado.

 

 

Dia 18, Cine Sesc

Beijo 2348/72
De Walter Rogério, Brasil, 1990. 100 min. Comédia. Livre.
Com Chiquinho Brandão, Maitê Proença, Fernanda Torres, Antônio Fagundes, Gerson de Abreu, Cláudio Mamberti, Miguel Falabella.
A vida de um operário vira de cabeça para baixo quando ele é flagrado beijando uma colega durante o expediente de trabalho.

 

Dia 19, Sessão Divas

Paris quando alucina 
(Paris – when it sizzles)
De Richard Quine , Estados Unidos, 1963. 110 min. Comédia. Livre.
Com Audrey Hepburn, William Holden
Um roteirista bloqueado contrata uma secretária temporária para lhe ajudar a escrever um roteiro em dois dias.

 

 

 

Dia 20, Art 7

Irma La Douce
De Billy Wilder, Estados Unidos, 1963. 147 min. Comédia romântica. Livre.
Com Jack Lemmon e Shirley MacLaine
Nestor é um policial honesto de Paris que se apaixona por Irma, uma prostituta que ele conhece no serviço. Quando demitido vira cafetão de Irmã, porém para não dividi-la com ninguém se veste de lord inglês para encontrá-la.

 

 

Dia 21, Cine Sesc

Stroszek
De Wagner Herzog, Alemanha, 1977. 116 min. Drama. 14 anos.
Com Bruno S., Eva Mattes, Clemens Scheitz.
Em Berlim, um alcoólatra, recentemente libertado da prisão, se uni a um amigo idoso e uma prostituta para procurar uma vida melhor em Wisconsin, EUA.

 

 

 

Dias 22, Cinema, chá e cultura

Anônimo
(Anonymous)
De Roland Emmerich, Reino Unido, 2011. 130min. Drama. Livre.
Com Rafe Spall, Rhys Ifans, Vanessa Redgrave, Joely Richardson.
William Shakespeare é um dos dramaturgos mais celebrados de sua época, sua origem humilde sempre despertou dúvidas sobre sua identidade. Um dos principais candidatos a ser o verdadeiro autor das obras é o Conde de Oxford.

 

Convidado: Stephan Baumgarter, professor do Centro de Artes da Udesc

 

Dia 25, Cine Francês

A lista de Carla
(La liste de Carla)
De Marcel Schuppach, França, Suíça, 2006. 105 min. Documentário. Livre.
Após a guerra na ex-Iugoslávia, Carla del Ponte luta para conseguir a detenção dos últimos criminosos de guerra ainda foragidos no Tribunal Penal Internacional.

 

 

 

Dia 26, Sessão Vilões

Laranja mecânica
Clockwork Orange
País de origem: EUA
De Stanley Kubrick, Estados Unidos, 1971. 138 min. Ficção-Científica. 14 anos.
Com Malcolm Mcdowell, Warren Clarke, Patrick Magee
Ambientado num futuro indeterminado, narra a história de um jovem que é submetido a um programa de reabilitação. Adaptado do romance homônimo de Anthony Burgess.

 

 

 Dia 27, Art 7

Madre Joana do Anjos
(Matka Joanna od aniolów)
De Jerzy Kawalerowicz, Polônia, 1961. 110 min. Drama/Terror. 16 anos
Com Lucyna Winnicka, Mieczyslaw Voit e Anna Ciepielewska
Historio do inexplicado episódio das freiras possuídas de um convento localizado numa região isolada da Polônia.

 

 

Convidado: Júlio de Queiroz, escritor, membro da Academia Catarinense de Letras.

 

Dia 28, Cine Sesc


Solidões urbanas (coletânea de curtas)
A voz da felicidade, de Nelson Nadotti, RS, 1987, 10min, ficção, 16 anos.
Ângelo anda sumido, de Jorge Furtado, RS, 1997, 18min, ficção, 16 anos.
Animadores, de Allan Sieber, RJ, 2008, 6min, animação, PB, 16 anos.
Invisíveis prazeres cotidianos, de Jorane Castro, PA, 2004, 26min,documentário, 16 anos.
Seu pai já disse que isso não é brinquedo, de Kiko Mollica, SP, 2003, 15min, ficção, 16 anos.
                                                  Sistema interno, de Carolina Durão, RJ, 2007, 17min, ficção, 16 anos.

 

Dia 29, Pré-estréia

A vida secreta dos gatos
Direção coletiva, Brasil, 2012. 16 min. Comédia. Livre.
Com Jonas Martins e Vanessa Civiero
Um escritor e uma bailarina se comunicam por meio de mensagens penduradas na coleira de um gato. O filme foi produzido durante a oficina da Câmera Olho Filmes e Produções.

Compartilhe este post: