Cinema indígena é tema de bate-papo online promovido pelo Cineclube da Fundação Cultural BADESC

23 JULHO | QUI | 19H

 A live, que tem como ponto de partida o documentário Nossa Alma Não tem Cor, será no dia 23 de julho

Crédito: Divulgação

O Cineclube da Fundação Cultural BADESC promove na quinta-feira, dia 23 de julho, um bate-papo online sobre o documentário Nossa Alma Não tem Cor, que aborda o racismo contra as populações indígenas e consequentemente a opressão causada e estruturada por ele. A conversa está marcada para iniciar às 19h, no canal da Fundação no YouTube.

Nesta edição participam como debatedores, o cineasta Ítalo Mongconãnn, indígena da etnia Xokleng e mestrando em Antropologia Social na UFSC, e os produtores culturais, comunicadores e cineastas Graciela Guarani e Alexandre Pankararu. A mediação da conversa será feita pela cineasta e curadora do Cineclube da Fundação, Vanessa Sandre. 

O documentário Nossa Alma Não tem Cor, que será debatido no encontro, está disponível gratuitamente no YouTube ou abaixo.

Nossa Alma Não tem Cor

Dirigido por Graciela Guarani e Alexandre Pankararu. Brasil. 2019. 22 min. Documentário. Sem classificação indicativa.

Sinopse: O curta-metragem documentário aborda um dos grandes desafios enfrentados pelos povos indígenas: o racismo. Grandes nomes de lideranças indígenas do Brasil como Ayrton Krenak, Sonia Guajajara dentre outros falam dessa questão dentro do cenário brasileiro atual. 

Serviço: Bate-papo virtual sobre o filme Nossa Alma Não tem Cor

Data: 23 de julho – quinta-feira
Horário: 19h
Local: Canal da Fundação Cultural BADESC no YouTube.

image_pdfIMPRIMA ESTE POST

Compartilhe este post: