Documentário Tatá – O Oleiro estreia na Fundação Cultural BADESC

Evento virtual será realizado na quarta-feira, dia 10 de fevereiro no canal do Youtube da Fundação

Fotografia de Ernesto Domingues

O Cineclube Fundação Cultural BADESC faz no dia 10 de fevereiro, o lançamento do documentário Tatá – O Oleiro. A atividade virtual será a partir das 19h no  Canal do YouTube da instituição e conta com a participação da diretora Elisa Schmidt.

O link para assistir o curta, que faz um recorte do ofício da olaria, apresentando as memórias e a genuína relação dos oleiros com a tradicional arte do barro, será divulgado durante a live de lançamento.

Em meia hora de filme, Eliatar Silva – o Tatá, oleiro há 40 anos, compartilha os detalhes do processo de produção da cerâmica desde o início no torno, passando pela pintura até a secagem final da peça. Ele também revisita suas memórias de infância, em São José, e fala de sua dedicação diária pela arte manual, que transforma o barro em peças utilitárias. É durante o trabalho na Olaria que leva seu nome  – uma das únicas que ainda produzem em larga escala em Florianópolis e região – que panelas, vasos, cumbucas e saladeiras são criadas artesanalmente e comercializadas para bares, hotéis e restaurantes, contribuindo para o resgate da identidade cultural da cidade.

Outras personalidades são apresentadas na narrativa: ceramistas tradicionais como Leonardo Truppell, filho do oleiro Germano Truppel e Ivanir Silva, filho de um dos maiores oleiros de São José, Vilson Marino da Silva. A Olaria ainda reúne Rozalino Quechiné e Maureci de Oliveira, que trabalham nos ajustes e pintura.

“Registramos, sob a perspectiva dos oleiros locais, o trabalho artesanal e único da Cerâmica Açoriana Tatá, a olaria de maior escoamento de louças da região. O documentário traz, através de suas vivências e anseios diante das mudanças, relevância histórica, cultural e econômica de uma das tradições açorianas que corre o risco de desaparecer do cotidiano da cidade”, explica Elisa Schmidt, diretora do documentário.

Produzido ao longo de 2020, o curta foi contemplado pelo Fundo de Apoio à Cultura, da Prefeitura de Florianópolis, e recebeu financiamento coletivo por meio da plataforma Catarse.

O documentário é uma das ações previstas pelo projeto “Os Mestres da Olaria” que contempla ainda a produção de um guia virtual das olarias e oleiros de Florianópolis e São José. 

O Cineclube Fundação Cultural BADESC segue fechado, no entanto essas ações virtuais demonstram a importância do espaço para a cidade, ainda mais neste período pandêmico.

Serviço: Lançamento documentário Tatá – O Oleiro
Quando: 10 de fevereiro de 2021
Horário: 19h 
Onde: Canal do YouTube da Fundação Cultural BADESC
Onde ver o curta: https://vimeo.com/guzzsecco/doctata

Ficha Técnica
Direção geral, Direção de arte, Roteiro e produção: Elisa Schmidt
Direção de Fotografia: Pedro Henrique Oliveira
Técnico de Som: Felipe Corbani
Edição de Imagem: Pedro Henrique Oliveira e Guzz Secco
Coloração: Guzz Secco
Edição de som: Guzz Secco
Iluminação e Assistência de Direção: Daniel de Souza
Fotógrafo: Ernesto Domingues

Compartilhe este post: