Divulgação dos selecionados do Edital 2020

28 de abril

Quatro projetos foram selecionados e aprovados no Edital 2020 da Fundação Cultural Badesc. A seleção foi feita na tarde da terça-feira, dia 28 de abril, em uma videoconferência entre os integrantes da comissão selecionadora.

Foram selecionadas duas exposições para cada um dos dois espaços expositivos. Para exposição no Espaço Paulo Gaiad, os selecionados foram: Buquê Marginal, por Bruna Granucci e Edinara Patzlaff e na categoria primeira individual a proposta selecionada foi Retratos fantásticos, de Carol Krügel.

Já para o Espaço Fernando Beck, os projetos escolhidos foram: As coisas distantes parecem menores do que são na realidade, por Dante Acosta e Pedra-Carne, por Meg Tomio Roussenq.

As 118 propostas inscritas foram avaliadas pela comissão formada pela jornalista e pesquisadora de artes visuais, Néri Pedroso, a professora de História da Arte do PPGAV/UDESC, Luana Wedekin, e pela gestora cultural e Coordenadora do Núcleo de Acervo de Obras de Arte do Itaú Cultural, Luciana Soares.

Na decisão foram levados em consideração os seguintes critérios: consistência conceitual, contemporaneidade, coerência na concepção expositiva, proposta de montagem e organização de projeto e portfólio, adequação ao espaço expositivo e domínio da linguagem. Para o Espaço Fernando Beck, a trajetória artística também teve destaque.

Caso algum dos artistas aprovados não possa participar, a comissão elencou também os suplentes. Para o Espaço Paulo Gaiad o projeto O espaço entre nós, por Sarah Uriarte e Kim Coimbra, ficou como 1º suplente; e como segundo suplente ficou o artista Audrian Cassanelli, com o projeto 2ª Via.

No Espaço Fernando Beck, como 1º suplente ficou o projeto Cidadão de bem, por Soninha Vill, e ECDISE, por Ana Sabiá, ficou como 2º suplente.

A Fundação informa que, devido a pandemia do coronavírus, ainda não há uma definição das datas das exposições. Assim que houver uma definição no calendário, as datas vão ser divulgadas no site, redes sociais da Fundação e na imprensa.

Compartilhe este post: