Fundação Cultural Badesc recebe Mostra Diversa Cultural

Evento Diversa Cultural_

Mês da Diversidade
Fundação Cultural Badesc recebe Mostra Diversa Cultural

A Fundação Cultural Badesc abre as portas no dia 22 de agosto, sábado, às 17h30, para a Diversa Cultural, evento de manifestação cultural que congrega inúmeras expressões artísticas desenvolvidas por pessoas lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais sobre temas relacionados às identidades e manifestações político-corporais. A promoção é do Grupo Acontece – Arte e Política LGBT

O objetivo da Mostra – que é uma das atividades do Mês da Diversidade de Florianópolis, é promover e divulgar a potência cultural das identidades sociais historicamente consideradas marginais e vulneráveis e dar visibilidade, questionar e problematizar poeticamente a política corporal no contexto contemporâneo.

A programação da Mostra contempla a exposição fotográfica “Entre Lençóis”, de Patrícia Manaro (São Paulo), um sarau poético-erótico com debate com a escritora Ana Carla Lemos (Pernambuco) e o escritor Moisés Guimarães (Minas Gerais), com condução de Nanni Rios e Monique Guimarães (Rio Grande do Sul).

Cláudia Olivier, da UDESC, realiza a Performance E.L.A – Elementos Legitimadores de Alteridade e Úrsula Barros e Karla Eva encerram o evento numa apresentação que reúne voz, violão e percussão.

Entre Lençóis
A exposição fotográfica Entre Lençóis retrata, sem cortes, de forma franca e poética, a intimidade de casais durante o ato de amor, apresentando desta maneira, os sentimentos reais de pessoas em momentos singelos de sensualidade, mesclando sensitividade e erotismo. Durante a execução do trabalho, a fotógrafa Patrícia Manaro optou por não induzir imagens e a não padronizar a luz do local, transmitindo ao expectador exatamente a intimidade alheia de forma franca e sem manipulação. É uma exposição voltada para o público adulto tem como objeto a consumação do amor e seus momentos mais íntimos, revelando corpos e relações diversas, baseada numa ampla pesquisa de pessoas reais e localidades distintas. As imagens em preto e branco foram produzidas entre 2013 e 2015 em ambiente escolhido pelo casal.
Patrícia Mannaro é formada em Direito, Artes Cênicas e Fotografia. Como fotógrafa, atua como fotojornalista e documentarista, com material publicado em veículos de informação do país.

Sarau poético-erótico
Moisés Guimarães é mineiro de Divinópolis. Estudou Letras na Universidade Federal de Minas Gerais e especializou-se em Educação Sexual pelo Centro Universitário Salesiano de São Paulo. Roteirista de três curtas metragens sobre Intolerâncias (2007). Publicou em 2010 os Contos de Lara no site do grupo teatral do Rio de Janeiro “Eu mesmo e Cia”, é autor da peça teatral “A peruca Loura de Álvaro Campelo” e autor do livro “Neca Faloônica” de 2012, composto em versos livres.
A escritora Ana Carla Lemos, que divide com Moisés o debate do sarau poético-erótico, t0em em sua trajetória de vida a escrita como forma política de estar no mundo, de se mostrar em seus diversos espaços, suas dores, amores e ações políticas, evidenciando o amor entre mulheres, questionando as normatizações, as formas de sentir prazer, despindo-se em palavras. É autora dos livros Letra e Música, Fragilidade e Silêncio e Retalhos e selecionada no Prêmio Novos Poetas 2014, da Editora Vivara.

Performance E.L.A
Cláudia Olivier é mestranda em Teatro UDESC, graduada em Filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e tem experiência diversificada na área de Artes, com ênfase em teatro e dança, atuando principalmente nos seguintes temas: teatro pós-dramático e hibridismo artístico, hoje mais direcionado a interfaces com a dança e o teatro, explorando possibilidades artísticas através da arte da performance.
É performer, atriz, bailarina, pesquisadora e professora de teatro e dança e participa há três anos do espetáculo de dança-teatro Estratégia, dirigido por Zilá Muniz, do Ronda Grupo. Desenvolve pesquisa pessoal em performance e em processos colaborativos junto ao Líquido e Táctil – coletivo de artes e artistas transdisciplinares. Participou do Laboratório Permanente de Performance como artista pesquisadora e como monitora. Auxiliou no preparo corporal, ensaios e processo criativo do espetáculo de dança Assemblage, relativo à realização de estágio docência na disciplina de Montagem do curso de graduação em Teatro da UDESC.
Em E.L.A. o corpo se mostra como um sítio político, sede de agenciamentos culturais que legitimam discursos de alteridade. A partir de um mixed media, se propõe a discutir esses discursos trazendo-os à tona, especialmente aqueles que se referem à violência doméstica, buscando uma revisão dos códigos definidores, questionando: que corpo é esse que se chama de feminino?

Saiba mais
A Mostra Diversa Cultural é uma das atividades do Mês da Diversidade de Florianópolis, que acontecerá entre os dias 08 de agosto a 05 de setembro, com atividades voltadas para o fomento das discussões sobre a diversidade e suas subjetividades culminando na Parada da Diversidade, que será realizada no dia 6 de setembro.
O Grupo Acontece – Arte e Política LGBT é uma entidade sem fins lucrativos e econômicos, de utilidade pública, fundado por um grupo de militantes LGBT e dos Direitos Humanos da capital catarinense em 2013. O Grupo é filiado à Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) e tem como finalidade principal defender e promover, a partir de ações políticas e por meio da arte e da cultura, os direitos humanos e a cidadania plena de LGBT – Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais.

Programação

17h30 – Vernissage de abertura da exposição fotográfica “Entre Lençóis”, de Patrícia Manaro (São Paulo)
18h – Lançamento do livro “Bicha (nem tão) má – LGBTs em telenovelas”, da pesquisadora Fernanda Nascimento (Rio Grande do Sul)
19h – Sarau Poético/Erótico com debate com a escritora Ana Carla Lemos (Pernambuco) e o escritor Moisés Guimarães (Rio de Janeiro), com condução de Nanni Rios e Monique Guimarães (Rio Grande do Sul)
20h30 – “Performance E.L.A” – Elementos Legitimadores de Alteridade, com Claudia Olivier da UDESC
21h – Voz, violão e percussão com Úrsula Barros, Stefy Cunha e Karla Eva (Santa Catarina)

Serviço
O quê: Mostra Diversa Cultural
Quando: 22 de agosto, sábado, às 17h30
Onde: Fundação Cultural Badesc – Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis – Fone 3224-8846
Entrada gratuita

 

Compartilhe este post: