Exposição Íntimo Plural, de Sara Ramos testa2

ÍNTIMO PLURAL

SARA RAMOS

ESPAÇO 2 | 06 DE SETEMBRO A 11 DE OUTUBRO DE 2018

Dividida em três núcleos, vídeo, esculturas e instalações em cerâmica e tecido, as obras instigam a reflexão sobre a relação entre indivíduo e sociedade a partir de temas sensíveis que perpassam o cotidiano contemporâneo. Sara Ramos é artista plástica e trabalha como ceramista e escultora há quase duas décadas, vive e trabalha em Florianópolis. A exposição, que acontece também nas cidades de Joaçaba, Joinville e Itajaí, integra o projeto Circuito Propagações, realizado em parceria entre Fundação Cultural BADESC e Sesc/SC.

previous arrow
next arrow
Full screenExit full screen
previous arrownext arrow
Slider

APRESENTAÇÃO

Sara Ramos (Florianópolis, 1958) apresenta três conjuntos de obras, onde é possível refletir sobre a relação entre indivíduo e sociedade, através de aspectos como privacidade e solidão, instabilidades e arremessos percepções e sensibilidades compartilhadas.

No primeiro conjunto encontra-se SINGULARES, obra em que se observa um conjunto de indivíduos anônimos e isolados, pequenos homens e mulheres de cerâmica, expostos aos olhos do espectador através de caixas acrílicas, enclausurados e solitários num mundo transparente. Em ENREDO figuras masculinas e femininas se agarram a uma superfície tramada, lutando para evitar uma queda. Outros diminutos indivíduos também estão presentes em UNIVERSO PARALELO, travando a ininteligível desventura de se manter ilhados ou suspensos entre dois blocos de cerâmica.

No segundo conjunto apresenta-se a instalação NADA ENTRE NÓS, composta por boneco de pano em balanço, idealizado e costurado pela própria artista. Do mesmo modo que nas obras compostas pelos pequenos seres de cerâmica, os rostos não são identificáveis em sua individualidade. Embora haja a possibilidade de um balanço rítmico, o risco desastroso tanto do tédio como da queda está presente. Se o próprio assento em que o corpo está pode ser tão limitante como o poleiro de uma gaiola, igualmente incide o salto em direção ao nada ou a uma descoberta de imprevisível potência. Eis uma cenografia da própria questão amorosa, sujeita à toda sorte de instabilidades e desencontros, fantasias e narcisismos, mas refeita a cada balançar.

No terceiro conjunto encontram-se os corações. Em RELICÁRIO um coração modelado manualmente repousa sobre a almofada vermelha de tecido aveludado dentro de uma redoma de vidro. A instalação EM TRAMAS é composta por sete vidros com tampa, cada um contendo um coração imerso em água com diferentes volumes. O tríptico denominado TANTO EM NÓS é composto por fotografias de um mesmo coração de cerâmica, visto sob três situações diferentes: com arame farpado, com cano de plástico de uso hospitalar e com plumas brancas. No vídeo intitulado TUDO SOBRE NÓS, um coração de cerâmica submerge num vidro com água com interferência de anilina alimentícia vermelha. Tais corações remetem aos vínculos que construímos e aos incessantes esforços que fazemos para dar sentido a tudo aquilo que se passa entre o início de nossa existência e nosso último respiro.

Ao longo da empreitada, considerando a condição humana e suas contingências, chega-se à arte como artifício que torna a travessia da vida possível, imponderável aventura, ao mesmo tempo compartilhada e intransferível.

Rosângela Cherem

Universo Paralelo (detalhe), 2018. Cerâmica e acrílico, cada bloco mede 25x17x16cm, caixa acrílica 65x50x30cm.
Nada entre nós (detalhe), 2018. Tecido, acrílico, rede, fotografia impressa por sublimação, boneco com 150cm de altura.
Exposição Íntimo Plural, de Sara Ramos.

CIRCUITO PROPAGAÇÕES

Quatro cidades catarinenses, Joaçaba, Joinville, Florianópolis e Itajaí, receberam em 2018 o Circuito Propagações, parceria entre o SESC em Santa Catarina e a Fundação Cultural Badesc. A artista Sara Ramos foi umas das selecionadas deste ano para circular o Estado com sua exposição “Íntimo Plural”, em uma parceria entre as duas instituições.

A prerrogativa do projeto é realizar circulação de exposições de artistas catarinenses, com o objetivo de promover as artes visuais por Santa Catarina.

Em cada Cidade, a exposição ganha uma perspectiva especifica, ao se adequar aos espaços expositivos das Galerias de Arte do SESC e também no Espaço 2 da Fundação Cultural BADESC. Porém o projeto curatorial e a proposta da mostra seguem os mesmos em todos os espaços.

Abaixo, alguns registros das produções e montagens da exposição pelo Estado.

18 09 06 Convite WEB Íntimo Plural, Sara Ramos
previous arrow
next arrow
Full screenExit full screen
previous arrownext arrow
Slider

VEJA MAIS

COMPARTILHE ESTE POST: