Janela livre é tema do 15º Catavídeo

O Catavídeo chega à 15ª edição com a temática a qual se propõe desde o início. A janela livre de cinema, espaço em que qualquer realizador pode exibir seu filme, desta vez acontece como tema principal da mostra. Durante uma semana, serão exibidos 35 títulos, além de oficinas e palestras.

Com o objetivo de resgatar vídeos que foram parar nas prateleiras de seus produtores e de manter atualizado o acervo da produção audiovisual catarinense, este ano a mostra resgata a ideia principal de “janela livre” como forma de ampliar a importância deste espaço aberto a exibições e debates, sem que haja seleções e curadoria.

Na abertura, dia 25, o Catavídeo exibe o curta Floresta Vermelha, de Flavio Soares. Além dele, ao longo da semana serão exibidos documentários, animações e ficções, curtas-metragens, médias e longas de diversos estados brasileiros. A participação internacional fica por conta do Chile, com os filmes e Los cóndores e A educação de Pinochet.

Durante o evento, dia 28, às 22h, também haverá uma sessão aberta na Cinemateca Catarinense, onde os diretores poderão levar seus vídeos para serem exibidos, sem inscrição prévia. A programação completa que ocorre na FCBadesc pode ser consultada na parte central do folder.

Compartilhe este post: