Programação

Confira a programação da Mostra.doc que acontecerá na Fundação dos dias 03 ao 07 de Novembro, às 19h.

 

Mostra.Doc reflete sobre a ideia de verdade no documentário

São seis filmes na programação, de 3 a 7 de dezembro na FCBadesc

Com a proposição de questionar a ideia de verdade no documentário, a Fundação Cultural Badesc apresenta a mostra.doc 2012, de 3 a 7 de dezembro, exibindo os filmes “Moscou”, de Eduardo Coutinho, “Zelig”, de Woody Allen, “Terra sem pão”, de Luis Buñel, “Quarto 666”, de Wim Wenders, “Anna Pavlova vive em Berlim”, de Theo Solnik, e “Além do azul selvagem”, de Werner Herzog. São seis filmes em cartaz ao longo da semana com curadoria da cineclubista Natália Poli. A seleção dos seis títulos em cartaz reflete sobre a fronteira entre ficção e documentário.

“Moscou” é um filme em torno dos ensaios e os exercícios que os atores do Grupo Galpão executam enquanto preparam a peça “As Três Irmãs”, de Anton Tchekhov. “Zelig” é um pseudo-documentário sobre a vida de Leonard Zelig, o homem-camaleão, que tinha o dom de modificar a aparência para agradar as pessoas. “Em Terra sem pão”, numa remota região montanhosa da Espanha, chamada Lãs Hurdes, os habitantes vivem em extrema pobreza na década de 1930 e tudo é calmamente observado por uma câmera.

No documentário “Quarto 666”, o diretor Wim Wenders, quando participava do Festival de Cannes de 1982, resolve usar a suíte 666, do hotel em que estava hospedado, como set de gravação de uma série de entrevistas com cineastas. “Anna Pavlova vive em Berlim” narra momentos da bailarina que dá nome ao filme, perdida no limiar entre a insanidade e uma rara lucidez poética. “Além do azul selvagem” discorre sobre três pilares narrativos: as extraordinárias imagens de uma missão da NASA, as gravações de uma expedição ao fundo do oceano, e imagens convencionais de entrevistas com pesquisadores e cientistas.

A organização da Mostra é de Natália Poli, Gabriela Bresola e Elis Rejane e tem o apoio da diretora de animação Yannet Briggiler e da VideoFilmes. A primeira edição da mostra.doc foi realizada em agosto de 2011, motivada pela criação do Dia do Documentário. Celebrada em 7 de agosto, a data é uma homenagem ao cineasta Olney São Paulo ao seu dia de seu nascimento.

 

O quê: mostra.doc

Quando: de 3 a 7 de dezembro, às 19h

Onde:Fundação Cultural Badesc. Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis.

Quanto: gratuito

 

 

 

Programação

 

Segunda, dia 3, às 19h

Moscou

De Eduardo Coutinho, 2009. Brasil, 80 min. Documentário. Livre.

Os ensaios e os exercícios que os atores do Grupo Galpão executam enquanto preparam a peça As Três Irmãs.

 

Terça, dia 4, às 19h

Zelig

De Woody Allen, 1983. EUA, 79 min. Comédia. Livre.

Um pseudo-documentário sobre a vida de Leonard Zelig, o homem-camaleão, que tinha o dom de modificar a aparência para agradar as pessoas.

 

Quarta, dia 5, às 19h

Terra sem pão 

De Luis Buñel, 1933. Espanha, 30 min. Documentário. Livre.

Em uma remota região montanhosa da Espanha chamada Lãs Hurdes os habitantes vivem em extrema pobreza na década de 1930 e tudo é calmamente observado por uma câmera.

Quarto 666

De Wim Wenders, 1982. França, 46 min. Documentário. Livre.

Wim Wenders participava do Festival de Cannes de 1982 quando resolveu usar o seu quarto, a suíte 666 do hotel em que estava hospedado, como set de gravação de uma série de entrevistas com cineastas que estavam acompanhando o evento na Riviera Francesa.

 

Quinta, dia 6, às 19h

Anna Pavlova vive em Berlim

De Theo Solnik, 2011. Alemanha, 79 min. Documentário. Livre.

Perdida no limiar entre a insanidade e uma rara lucidez poética, a bailarina Anna Pavlova nos leva para o lado escuro da lua da vida noturna. Anti-heroína da civilização, a sua existência é uma tentativa desesperada de viver numa felicidade sem fim, fugindo do mundo que começa quando a festa termina.

 

Sexta, dia 7, às 19h

Além do azul selvagem

De Werner Herzog, 2005. EUA/Alemanha, 81 min. Ficção científica. Sem classificação.

O filme discorre sobre três pilares narrativos: as extraordinárias imagens de uma missão da NASA; as gravações de uma expedição ao fundo do oceano; e imagens, por assim dizer, mais convencionais de entrevistas e pesquisadores.

Compartilhe este post: