O Mundo que Cabe nas Pupilas abre dia 22 na Fundação Cultural Badesc

19030436_1323653627753378_1278695183256213211_n

 

O Mundo que Cabe nas Pupilas, de Cassia Aresta abre no dia 22 de junho, às 19h, no Espaço 2, da Fundação Cultural Badesc. A exposição tem curadoria de Rosângela Cherem, reúne trabalhos inéditos da artista e tem visitação gratuita até 27 de julho.

 

Cassia tem seu trabalho consolidado na utilização da linguagem geométrica e em O mundo que Cabe nas Pupilas, apresenta 29 fotos sobre vinil adesivo, em que utiliza um mapa de linhas feitos pelo movimento da maré sobre a areia da praia da Cachoeira do Bom Jesus, em Florianópolis, onde a artista mora e realiza caminhadas matinais acompanhada de sua máquina fotográfica.

 

“Acabei captando pelo meu olhar e o meu caminhar diário mais atento textura, densidade, luz e sombra que produzem o resultado que passa despercebido pelo caminhante distraído. Este é um momento de meu trabalho onde a minha mão não guia meu traço. É aquele momento revelação-poesia como eu descrimino”, comenta”, declara a artista.

Cassia Aresta, natural de Florianópolis, é artista visual e participou de exposições individuais e coletivas em São Paulo, Alemanha, França, Estados Unidos, entre outros. Foi vencedora do prêmio Elisabete Anderle em 2009.

 

Serviço:

O que: Abertura da exposição O Mundo que Cabe nas Pupilas, de Cassia Aresta

Quando: 22 de junho de 2017, quinta-feira, às 19h. Visitação até 27 de julho.

Local: Fundação Cultural Badesc – Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis – telefone: (48) 3224-8846
Entrada gratuita

Compartilhe este post: