Programação do Cineclube para novembro de 2016

1-a-noite-da-verdadeDia 01, terça-feira, 19h, Cine Africano

A Noite da Verdade

(La nuit de la vérité) de Fanta Régina Nacro. Burkina Faso, França. 2004. 100 min. Drama. 16 anos. Com Moussa Cissé, Georgette Paré e Adama Ouédraogo.

Após dez anos de guerra civil, ocorre um cessar-fogo entre o Exército e os rebeldes étnicos bonande. Quando os dois lados se encontram as feridas são reabertas.

 

Dia  03, quinta-feira, 19h, Cine Imagens Políticas

Mostra do Coletivo Imagens Políticas


a-fresta
A Fresta

de Luana Amorim Machado. Florianópolis, SC. 20min. Ficção. 14 anos.

In Memorian

De Thomas Dadam. Florianópolis, SC. 20min. Ficção. 16 anos.

Nós Somos a Crise

De Lígia-Marina. Aldeia Aquidauana, MS. 15min. Filme-ação. 14 anos.

Messier

De Marcella Di Santi e Lai Neves. Florianópolis, SC. 13min. Ficção. 14 anos.

Nova Linha, Parágrafo

de José Boita. Chapecó, SC. 21 min. Ficção. 14 anos.

Comentaristas: Fátima Costa de Lima (coord. do Coletivo Imagens Políticas, atriz de “In Memoriam”),  Emanuele Weber Mattiello (coord. do Cine Imagens Políticas, atriz de “In Memoriam”), Lucas Viapiana (coord. do Cine Imagens Políticas), Leandro Lunelli (Diretor de Arte de “A Fresta”, membro CIP), Thuany Paes (membro CIP e atriz de “Missier”), Thomas Dadam (Diretor de “In Memoriam” e ex-membro do CIP), Marcella Di Santi (Diretora de “Missier”), Gentil Júnior (Diretor de Fotografia de “A Fresta”).

Dia 04, sexta feira, 19h, Sessão Divã

04-grandes-esperancasGrandes Esperanças

(Great Expectations) de Alfonso Cuarón. EUA. 1998. 111min. Drama,  Romance. 16 anos. Com Ethan Hawke, Gwyneth Paltrow e Anne Bancroft

Baseado no romance de Charles Dickens que conta a espetacular história de um jovem e suas paixões: a arte e a sua musa.

Comentarista: Professora: Sara Folie – mestre e doutoranda em Linguística pela UFSC. Maria Cecilia Fritsche – psicanalista, membro da Associação da FCl-fpólis em formação e mestranda da PGET-UFSC.

Dia 07, segunda feira,19h, ART 7

filme-dia-7A Montanha dos 7 Abutres

(Ace in the Hole) De Billy Wilder. EUA. 1951. 110min. Drama. 12 anos. Com Kirk Douglas, Jan Sterling e Robert Arthur. Ciclo: : Kirk Douglas-100 Anos.

Repórter inescrupuloso transforma resgate de homem preso em mina em espetáculo nacional, manipulando pessoas envolvidas.

Dia 08, terça-feira, 19h, Amistoso Short Cup

08-amistoso-shortcupVuelve  

De Jesús Castorena. México. 16 min. Aventura. Livre.

Dois amigos se encontram no deserto onde segredos foram guardados.

Arco-íris de Pixels têm fim?

De Filipe Maliska. Brasil. 20 min. Experimental. 12 anos.

Gravado com imagens de Facebook e GTA, a história de um stalker.

Bendito Machine

De Jossie Malis. Espanha.  12 min. Animação. Livre.

Um robo alienigina em expedição na Terra é pego de surpresa em meio a uma guerra na era dos impérios.

Cretinos

De Eduardo Moyano. Espanha. 15 min. Comédia. 12 anos.

Um escritor com o desejo de se matar para ser imortalizado e um jovem em buscar de dinheiro para seu casamento se encontram em um assalto.

Atotô

De Bruno Laet. Brasil. Drama. 16 min. Livre.

Um filme sobre a morte.

Soledad

De Joana Gatis. Brasil. Faroeste.  22 min. 16 anos.

Um faroeste protagonizado por mulheres.

Mamci i Udici

De Luca Popadic. Sérvia. 10 min. Drama. Livre.

Dois senhores colegas de trabalho  não conseguem se adequar às novas regras após a privatização da fábrica.

Ella la noche

De Hans Fresen. Argentina. 18 min. Drama. 12 Anos.

Uma jovem sem rumo e um pai solteiro quase se apaixonam.

Bombard the Headquarters

Stepan Grusha. Rússia. 17 min. Drama. 16 anos.

Jovens em uma festa conversam sobre atualidade e guerras, quando elas podem atingir diretamente suas vidas.

Dia 9, quarta-feira, 17h, Festival Planeta.Doc

9-the-human-scaleThe Human Scale

De Andreas Dalsgaard. Dinamarca, Bangladesh, Nova Zalândia, China, EUA. 2012. 83min. Documentário. Sem classificação.

Documentário repensa o espaço dos humanos no meio urbano.

 

19h

9-cronica-da-demolicaoCrônica da Demolição

De Eduardo Ades. Brasil. 2015. 89 min. Documentário. Sem classificação. Com Humberto Barreto, Margareth da Silva Pereira, Ernesto Geisel.

No Centro do Rio de Janeiro, há 40 anos, ficava o Palácio Monroe, antiga sede do Senado Federal. Uma história de sabres e leões, militares e arquitetos, passado e futuro.​

Dia 10, quinta-feira, 17h, Festival Planeta.Doc

10-tempoTempo

de Manuel Valcárcel. Espanha. 2016. 78 min. Documentário. Livre.

Durante o primeiro ano de vida de uma menina, a relação entre seres humanos e a natureza é mostrada no curso do tempo.

 

19h

10-todo-o-tempo-do-mundoAll the Time in the World

de Suzanne Crocker. Canadá. 2014. 87 min. Documentário. Sem classificação.

Família se muda para a floresta canadense para viver na natureza durante nove meses.

 

 

 

 

Dia 11, sexta-feira, 17h, Festival Planeta.Doc

11-la-supplicationLa Supplication

de Pol Cruchten. Áustria, Luxemburgo, Ucrânia. 2016. 82 min. Documentário. Sem classificação. Com Dinara Drukarova, Camille Saltet e Marc Citti.

Sobreviventes do desastre de Chernobil falam sobre sobre suas experiências.

 

 

19h

11-how-to-change-the-worldHow to Change the World

De Jerry Rothwell. Canadá, Reino Unido, Holanda, EUA. 2015. 110 min. Documentário. Com Bill Darnell, David Garrick e Bobbi Hunter.

A história dos pioneiros que fundaram o Greenpeace e o movimento ambientalista, em 1971.

 

 

Dia 14, segunda feira, 19h, ART 7


assim-estava-escrito-14
Assim Estava Escrito

(The Bad and the Beautiful) de Vincent Minelli. EUA. 1952. 118min. Drama, romance. Com Lana Turner, Kirk Douglas e Walter Pidgeon. Ciclo: Kirk Douglas-100 Anos.

Ascensão e queda de tirânico produtor de cinema, conforme contado por estrelas, diretores e roteiristas de cinema que com ele conviveram.

Dia 16, quarta feira, 19h, Cine Aliança Francesa

16-infancia-nuaInfância nua

(L’enfance nue) de Maurice Pialat. França. 1968. 83 min. Drama. Sem classificação. Com Michel Terrazon, Linda Gutemberg e Raoul Billerey.

Garoto vive mudando entre casas adotivas até que parece se adaptar ao lar de um casal de idosos, porém essa tranquilidade não pode durar muito.

Comentarista:  Mauro Pommer – Jornalista pela PUC-MG, Mestre em Filosofia pela UFMG, Doutor em Cinema pela Universidade de Paris 1 – Sorbonne. Lecionou Jornalismo, depois Cinema na UFSC até 2013.

 

Dia 17, quinta-feira, 19h, Cine Catarina

17-cine-catarinaTubérculos

de Luiz Barz. Brasil. 2016 .32 min. Ficção. 15 anos. Com Gabriel Guaraciaba, Jardel Cunnegato, Daniel Postal.

Fred encontra-se envolto em narrativas incertas: suas relações distantes, uma possível guerra nuclear, e as batatas que crescem no asfalto.

De Corpo Aberto

de Marlon Krüger e André Barcellos. Brasil. 2011. 23 min. Melodrama. Sem classificação. Com Rafael Coelho, Caline Detoni, Normando Amazonas e Éverson Cândido

Pablo deseja reconquistar Amanda e largar o trabalho que exerce com seu pai, mas Amanda não está mais disposta a se separar de Paulo, amigo de infância dos dois e que representa para ela a possibilidade de um futuro estável.

Ecdise

De Rafael Minari. Brasil. 2015. 13min. Suspense. Sem Classificação. Eduardo Testa, Nathan L. Luchina e Wlade Menta.

O que acontece quando deixamos que nosso instinto aja sem qualquer pudor ou norma social? A solidão, a noite e o desejo despertam o seu eu mais primitivo e quando menos se espera ele já o dominou. Chegando ao limite é que se percebe que não há mais volta. Nada será como antes.

Haverá debate com a presença dos realizadores.

Dia 18, sexta-feira, 19h, Psicanálise vai ao cinema

18-xxyXXY

De Lucía Puenzo. Argentina, França, Espanha. 2007. 91min. Drama. 16 anos. Com Inés Efron, Martín Piroyansky e Ricardo Darín.

Alex experimenta os impasses da adolescência. Além destes desafios, lida com sua primeira escolha amorosa.

Comentaristas: Jussara Jovita – Psicanalista, coordenadora do CIEN/SC, Kelly Vieira Meira – Ativista/militante de gênero, Portal Catarinas.

Dia 21, segunda feira, 19h, ART 7

21-sede-de-viverSede de Viver

(Lust for Life) De Vincent Minelli. EUA. 1956. 122min. Drama, biografia. 12 anos. Com Kirk Douglas, Anthony Quinn e James Donald. Ciclo: Kirk Douglas-100 Anos.

Vida de Vincent Van Gogh, dividida entre a genialidade de suas obras e uma mente atormentada.

Dia 22, terça-feira, 19h, Cine Instituto Goethe + Cine [Delas]

Die bleierne ZeitOs Anos de Chumbo

(Die bleierne Zeit) de Margarethe von Trotta. Alemanha Ocidental. 1981. Drama. Com Jutta Lumpe, Barbara Sukowa e Rüdiger Vogler.

Duas irmãs lutam pelo direito das mulheres. Quando uma é presa, a outra se sente obrigada a ajudá-la, mesmo tendo pontos de vistas diferentes.

 

Dia 23, quarta-feira, 19h, Cine [Delas]


23-cine-delas

Dia 23, quarta-feira, 19h, Cine [Delas]

Sessão de Curtas – Nacionais

Reverie

de Marina Cardozo. Brasil. 2015. 5 min. Drama. Livre. Com Suzana Witt.

Uma jovem deita na cama e, sem conseguir dormir, começa a pensar em uma festa de ano novo.

Tanto
de Nataly Callai. Brasil. 2009. 8 min. Drama. 14 anos. Com Mirella Granucci e Oto Henrique.
Luiza está lidando com o fim de um relacionamento.

Léo

de Mariani Ferreira. Brasil. 2015. 15 min. Drama. 14 anos. Com Marcello Crawshall, Henrique Gonçalves e Paula Souza

Rodrigo não aceita a homossexualidae do irmão caçula, por conta disso, provoca uma tragédia da qual os dois são as maiores vítimas.

Putta

de Lílian de Alcântara. Brasil, Paraguai e Uruguai. 2016. 28min. Documentário. 16 anos. Com Diva, Xayenne e Pantera.

O relato de três mulheres da fronteira Brasil, Paraguai e Argentina que trabalham no ambiente da prostituição. O filme atravessa as complexidades da vida delas, a transexualidade, a família e a maternidade nestes contextos.

“N”. De Vanessa

de Maria Carmencita Job. Brasil. 2015. 14 min. Documentário Reflexivo. 14 anos. Com “Nicole” (Larissa Fenty).

Os rituais da garota de programa “Nicole”, inaugurando um outro ponto de vista da prostituição. O filme quebra com o esquema imaginado sobre o universo da prostituição como doloroso e passivo; ampliando a escolha desta menina pela troca de prazeres.

Comentaristas: Maria Carmencita Job – analista cultural e pesquisadora do Laboratório de Comportamento – [Ox]igênio. Atua no cinema como roteirista e diretora do núcleo Céu Filmes, organizado por uma equipe de mulheres que realizam projetos audiovisuais no sul do Brasil. Nataly Callai – cineasta, escritora, dramaturga e curadora e co-fundadora da plataforma da arte PISCINA. Camila Larroca Ferrari -uruguaia, realizadora audiovisual e mestranda em Antropologia Social. Atua principalmente na direção de arte e interminável busca pelos “dares a ver” femininos e latino-americanos.Integrante do coletivo de realização Las Viralatas que produziu o documentário Putta.

Mediação: Kelly Vieira Meira – Presidenta do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Florianópolis; consultora de projetos sociais do Portal Catarinas.

 

Dia 24, quinta-feira, 19h, Cine [Delas]

24-mundo-e-culpadoO Mundo é Culpado

de Ida Lupino. EUA. 1950. 75 min. Noir. Sem classificação. Com Mala Powers, Tod Andrews e Robert Clarke.

Após ser estuprada, mulher tenta recomeçar a vida em outra cidade, mas a investida de outro homem acaba fazendo com que ela vá parar na prisão.

Dia 25, sexta-feira, 19h, Cine [Delas]


25-cine-delas

Dia 25, sexta-feira, 19h, Cine [Delas]

Sessão de Curtas – Clássicos

Suspense

De Lois Weber. EUA. 1913. 10 min. Suspense. Sem classificação. Com  Lois Weber, Val Paul e Douglas Gerrard.

Filme pioneiro na utilização de estratégias do suspense no cinema: mulher é aterrorizada por homem que invade sua casa.

Elsa la Rose

De Agnès Vardá. França. 1966. 20 min. Documentário. Sem classificação. Com Louis Aragon, Elsa Triolet e Michel Piccoli.

O olhar e o amor do poeta Louis Aragon sobre sua esposa, a escritora Elsa Triolet.

Aurelia Steiner (Melbourne)

de Marguerite Duras. França. 1979. 27 min. Ficção poética. Sem classificação. Com a voz de Marguerite Duras.

Uma carta endereçada a um antigo amor sobre imagens do rio Sena.

Tramas do Entardecer

(Meshes of the Afternoon) de Maya Deren e Alexander Hammid. EUA. 1943. 14 min. Experimental. Sem classificação. Com Maya Deren e Alexander Hammid.

Imagens de sonho contam sobre os sentimentos, medos e desejos de uma mulher.

Comentaristas: Miriam Grossi – Doutora pela Universidade de Paris V – Sorbonne, coordenadora do núcleo de gênero no curso de Antropologia da UFSC; Paula Guimarães – Jornalista e idealizadora do Portal Catarinas. Gerencia o portal e faz coberturas jornalísticas sobre gênero, feminismos e direitos das mulheres. Mediação: Maria Carmencita Job – analista cultural e pesquisadora do Laboratório de Comportamento – [Ox]igênio. Atua no cinema como roteirista e diretora do núcleo Céu Filmes, organizado por uma equipe de mulheres que realizam projetos audiovisuais no sul do Brasil.

 

28-gloria-feita-de-sangueDia 28, segunda feira,19h,  ART 7

Glória Feita de Sangue

(Paths of Glory) De Stanley Kubrick. EUA. 1957. 88min. Drama, guerra. 14 anos. Com Kirk Douglas, Ralph Meeker e Adolphe Menjou. Ciclo: Kirk Douglas-100 Anos.

General ordena julgamento e execução de soldados para servir de exemplo ao regimento por fracasso em estratégia militar e desobediência à ordens absurdas.

 

29-curtas-literariosDia 29, terça-feira, 19h, Cinema, chá e cultura

Curtas literários

Mourir auprès de toi

De Spike Jonze e Simon Cahn. França. 2011. 6min. Animação, Romance. Sem classificação. Com Spike Jonze, Soko e Pierre Le-Pan.

Quando anoitece na livraria, personagens das capas dos livros ganham vida.

Bottom’s dream

De John Canemaker. EUA. 1981. 6min. Animação, Experimental.  Sem Classificação.

Curta experimental, livremente inspirado em Sonhos de uma noite de verão, de William Shakespeare.

Romeo and Juliet Claymation

de Jackson Mill. Canadá. 2006. 5min. Animação. Sem Classificação.

Curta reconta a história de Romeu e Julieta, em animação stop motion. Em marte.

O Coração Delator

(The Tell-Tale Heart) de Ted Parmelee. EUA. 1953. 8 min.  Animação. Sem classificação.

Homem divide casa com um velho e sente-se atormentado pela sua presença.

Vincent

De Tim Burton. EUA. 1982. 6 min. Animação. Sem classificação.

Garoto sonha em ser como Vincent Price e se perde em imaginações macabras.

O Velho e o Mar

(The Old Man and the Sea) de Aleksandr Petrov. Rússia, Canadá, Japão. 1999. 20 min. Animação. Sem classificação.

Velho pescador fisga peixe gigantesco e precisa lutar para capturá-lo.

Seguido do lançamento do livro “Cinema, Chá e Cultura”.

30-mortos-caminhamDia 30, quarta-feira, 19h, Foco em Cinema

Mortos que caminham

(Merrill’s Marauders) De Samuel Fuller. EUA. 1962. 98min.  Guerra. Sem classificação. Com Jeff Chandler, Ty Hardin e Peter Brown.

Na floresta mais perigosa do mundo, a 5307ª divisão luta a mais perigosa das batalhas  

Compartilhe este post: