teste1

РОССИЯRUSSIA

DIORGENES PANDINI

CURADORIA DE LUCILA HORN

ESPAÇO PAULO GAIAD | 25 DE JULHO A 23 DE AGOSTO DE 2019

Os registros são constituídos como um caderno de anotações visuais que compõem pequenos trechos de um fotografar compulsivo. O trabalho é resultado do olhar do fotógrafo sobre o cotidiano na Rússia, com imagens capturadas durante os festejos da Copa do Mundo de 2018. Diorgenes Pandini é natural de Itajaí, fotojornalista do Grupo NSC/Diário Catarinense.

previous arrow
next arrow
Full screenExit full screen
previous arrownext arrow
Slider

APRESENTAÇÃO

Sem título, Série РОССИЯRUSSIA, 2018 Fotografia, papel Huhnemühle Photo Rag 308g 100% algodão, impressão Pigmentação mineral Canon Lucia Pro, 60x40cm.

Fotografar é um modo de se colocar no mundo, uma extensão do ser fotógrafo.
Foi assim com Diorgenes Pandini, nos 36 dias em que esteve na Rússia durante a Copa do mundo de 2018.
Contemplando uma realidade alheia, o primeiro impacto foi o das diferenças, em seguida veio a curiosidade e o impulso de viver cada momento a partir da sua mirrorless. Pois, se Pandini não fala Russo, tem fluência em fotografia.
Foi através da fotografia, seu modo de interpretação do mundo, que foi para as ruas mostrar que sua perspectiva não é universal.
Fotografando tudo e todos, o tempo todo, Pandini descobriu o quão diferente é viver na Rússia e o tanto de similaridades temos com esse viver.
Esta exposição não é um documento sobre a Rússia, mas um recorte autoral e uma reflexão sobre o quanto são frágeis os estereótipos criados a partir da repetição do senso comum.

Lucila Horn | Curadora

VEJA MAIS

COMPARTILHE ESTE POST: