Sérgio Adriano H. retorna à Fundação Cultural Badesc com O Visível do Invisível

15036272_1101071886678221_4253366379573542598_n

O artista visual Sérgio Adriano H. retorna à Fundação Cultural Badesc em 2016 com a exposição/ação O Visível do Invisível, na sexta-feira, 18 de novembro, entre 12 e 19h. O projeto tem como proposta, a partir de um modo expositivo móvel, estimular a reflexão sobre arte e racismo.  A mostra reúne 12 trabalhos e duas séries de seis, intitulados Pretos de Alma Branca e Branco de Alma Preta.

Os autorretratos do artista, criados solitariamente em estúdio, revelam seu rosto pintado ora de branco e com choro de lágrimas negras, ora em tom negro e lágrimas brancas.

“O preconceito de racismo é invisível, só é sentido e visível pelo atingido, pela pessoa em questão. Invisível para muitos, visível para todos os negros, amarelos, vermelhos, que não estão dentro do estereótipo de uma sociedade banalizada por questões de beleza e cor de pele. O racismo está embutido em falas habituais do cotidiano, ‘serviço de preto’, ‘preto de alma branca’, ‘branco de alma preta’”, diz o artista que quer com o projeto começar uma discussão sobre o racismo.

Em outubro de 2015, com curadoria de Carlos Franzoi, Sérgio apresentou no Espaço Fernando Beck, na Fundação, a exposição A Dúvida da Verdade, que apresentouações realizadas no deserto do Atacama, no Chile, e na cidade de São Paulo, onde o artista insere o próprio corpo nu na paisagem e na arquitetura e se auto fotografa.

Sobre o artista

Sérgio Adriano H., natural de Joinville, é formado em Artes Visuais, mestre em Filosofia, integra o Grupo P.S. e tem obras em acervos públicos e particulares. É pesquisador e produtor cultural e vive, estuda e produz entre as cidades de Joinville e São Paulo.  Em 2014, foi selecionado como um dos 30 artistas mais influentes de Santa Catarina, tendo sua biografia incluída no livro Construtores das Artes Visuais: Cinco Séculos de Artes em Santa Catarina. Fundou em 2014, em São Paulo, a Residência Artística Diva Base 44, com o propósito de acolher artistas de diferentes nacionalidades.

 

SERVIÇO

O que: Projeto O Visível do Invisível, de Sérgio Adriano H.

Quando: Sexta-feira (18/11) das 12 às 19h

Local: Fundação Cultural Badesc, Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Florianópolis –telefone: (48) 3224-8846

Entrada Gratuita

Compartilhe este post: